RECONHECENDO NOSSO INIMIGO - PARTE 1


Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti – S.C.Sul / SP
Estudos Bíblicos dias 20 e 27.06.12


TEXTO BÁSICO - ISAÍAS 14:11-19

O estudo de satanás é bíblico e essencial àqueles que desejam vencê-lo por meio da fé. Deus nos deu em Sua Palavra todas as informações de que necessitamos para este fim. Portanto, esse estudo é legítimo e necessário, pois através do conhecimento de nosso inimigo e suas estratégias nos fortaleceremos para as batalhas que certamente nos sobrevirão. Tudo que nos é revelado nas Escrituras é bom e nada deve ser negligenciado. Lembremos que uma grande e poderosa nação (EUA) foram vencidos por um pequeno, mas persistente inimigo (Vietnã). Jamais subestimemos nosso inimigo.

Um anjo decaído – Isaías 14:12
A expressão “estrela da manhã”, literalmente “o luminoso”, nesse texto refere-se a satanás. Jesus fez uma descrição semelhante em Lc 10:18. As expressões de Is 14:13-14 revelam as soberba que determinou sua queda (1 Tm 3:6). Ver também Ap 12:12; 20:10. Antes de sua queda ele era um músico no Céu (“harpa” Is 14:11).

Seu pecado – Isaías 14:13-14
Esse texto nos mostra cinco frases na primeira pessoa do singular, detalhando o pecado que o destruiu.
•    Ele queria ocupar o Céu, morada do próprio Deus (vs.13);
•    Desejava exaltar seu nome acima das estrelas, o que pode ser uma referência ao seu desejo de governar todos os seres angelicais (Ap 12:4). Pode também indicar apenas sua auto-exaltação (vs.13).
•    “Norte” na literatura pagã indicava a morada dos deuses; assim, satanás ambicionava governar o universo como a “congregação” dos deuses, como supostamente os babilônicos faziam com seus deuses (vs.13).
•    Ele queria a glória pertencente somente a Deus (vs.14). Quanto a “nuvens” ver Is 19:1; Ex 16:10).
•    O seu objetivo era ser semelhante ao Altíssimo (Elyon), nome que enfatiza a força e a soberania de Deus (Gn 14:18).

Sua ação no mundo e condenação - Is 14:11b,15-19
AÇÃO. Desde que foi expulso do Céu e lançado na Terra, o diabo engana (Gn 3:1,5; 1 Tm 4:1), governa, oprime e destrói as nações (Jo 8:44; 10:10; 12:31; 14:30). Através do pecado ele exerce seu domínio e mantém seu império de morte (Is 14:12b; Ap12:12; 20:3b "enganador das nações").

CONDENAÇÃO. Ele sabe que está com seus dias contados, que já está julgado (Jo 16:11; 1 Tm 3:6; Ap 12:12), e que em breve ele será condenado, aprisionado e castigado eternamente (Ap 20:1-3,10).

SOLI DEO GLORIA!!!

Material de apoio:
ABA – A Bíblia Anotada.


Leia também RECONHECENDO NOSSO INIMIGO - PARTE 2.

Próximos estudos dessa série: "As Estratégias do adversário e a Autoridade de Cristo na Igreja", e "Conhecendo Nossas Armas". 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT