O QUE É MAIS IMPORTANTE

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti - S.C.Sul / SP
Estudo Bíblico 04.07.12
Pastoral Boletim 15.07.12 

"Levantou-se, pois, Jonas e foi a Nínive, segundo a palavra do SENHOR. Ora, Nínive era cidade mui importante diante de Deus e de três dias para percorrê-la." Jonas 3:3.

É notória a tendência que temos em dar mais importância ao que para Deus é de menor valor. Parece que muitas vezes o que mais queremos é o que Ele menos deseja para nós, e o que Ele quer para nós está longe de nossas pretensões. Essa realidade é clara quando lemos a história de Jonas. Esse homem foi chamado por Deus para ir a Nínive, no entanto ele preferiu ir para Társis, se dispondo assim a fugir da presença de Deus (Jn 1:3). Ele não dava valor algum às ordens de Deus, e por isso não quis ir clamar aos ninivitas conforme Deus lhe ordenara (Jn 1:2). 


“Nínive era cidade mui importante diante de Deus”, mas para Jonas a sua agenda era mais importante do que a agenda de Deus. 

As consequências dessa desobediência declarada foram nefastas (Jn 1:4-17). Tempestades, o barco quase indo a pique, todos desesperados, enquanto isso Jonas dormia profundamente. Semelhantemente, quando nos distanciamos da presença de Deus parece que caímos num sono da alma, um sono mortal que faz com que não enxerguemos que deveríamos estar fazendo o que Deus mandou, o que Ele considera importante. Não seria essa a razão de tantos temporais em diversos momentos de nossa jornada?

Jonas precisou ser lançado ao mar e foi tragado por um grande peixe, permanecendo em seu ventre durante três dias e três noites (Jn 1:17). Somente então ele clamou a Deus humilhando-se perante Ele, e então o Senhor mandou que o peixe vomitasse Jonas na terra. Então o Senhor lhe deu novamente a ordem de ir à Nínive (3:2), e Jonas obedeceu-O (vs.3). Jonas deve ter aprendido a lição de que obedecer é melhor do que sacrificar (1 Sm 15:22; Jn 2:7,9).

Há momentos em que somos semelhantes a Jonas: teimosos, turrões, intransigentes. Será necessário chegarmos aonde Jonas chegou para aprendermos que a vontade de Deus é o que há de mais importante? Deixemos de lado toda arrogância, cumpramos nossos votos (Sl 22:25; 116:14,18; Ec 5:4; Jn 2:9b). Antes importa agradar a Deus do que a homens (At 5:29), inclusive nós mesmos.

Qual agenda é mais importante para você, a sua ou a de Deus? Pessoas são mais importantes do que coisas. Primeiro a obrigação, depois a diversão.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

JOSIAS, UM REFORMADOR EM SEU TEMPO