A PALAVRA DO MESTRE - O MAIOR PRIVILÉGIO DA MULHER


Por: Rev. Nelson França

"Então, Lhe trouxeram algumas crianças para que as tocasse, mas os discípulos os repreendiam. Jesus, porém, vendo isto, indignou-Se e disse-lhes: Deixai vir a Mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o Reino de Deus. Em verdade vos digo: Quem não receber o Reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele. Então, tomando-as nos braços e impondo-lhes as mãos, as abençoava." Marcos 10:13-16.


É muito interessante a relação entre mãe e filho. Há, de fato, uma interação profunda nessa relação; interação essa que se manifesta desde o ventre materno, amamentação e basicamente em toda a infância.

É sob os cuidados da mãe que a pessoa passa um dos períodos mais importantes de sua formação: a infância. Nesse período, a criança está, não só apta, mas, disposta a aprender a lição mais importante de sua vida: amar a Deus. E ninguém está mais próximo da criança, nesta fase de sua vida, do que a sua mãe.

Neste período, a criança tem todo o tempo, e desejo de ouvir as histórias da Bíblia; tem prazer em falar com o “Papai do Céu”, e depois de ensinadas a orar, a maioria delas exige que os pais orem com elas antes de dormir, e até lembram-nos de agradecer, a Deus, o alimento, na hora das refeições. Nessa fase, aquele: “vamos para Igreja”, é para o coração delas, um convite simplesmente irresistível. Nesse tempo, elas ainda estão sujeitas e se submetem às escolhas dos pais, podendo, portanto, ser ensinadas sobre a escolha do que é certo e do que é errado.

Por todas estas coisas, creio, particularmente, que sem dúvida alguma, a mãe é a pessoa mais privilegiada na gloriosa tarefa de conduzir seu filho (a) a Jesus, porque no período da infância, quando se é mais propício para alguém ser levado a Jesus, ninguém tem maior poder de influência do que ela. 


Portanto, MÃES, não desprezem este privilégio tão especial que receberam de Deus. Vocês têm sob a sua responsabilidade, o privilégio de cuidar de seus filhos, os quais, à luz do Salmo 127:3, são herança do Senhor.

Lembrem-se, com alegria e ponderação, que na infância, quando o “solo” (coração) está melhor preparado para a semeadura dos valores eternos, vocês são as pessoas mais influentes na vida dos seus filhos.

Finalmente, agradecemos a Deus, pela vida de cada mãe, e desejamos que Deus as ajude em sua grandiosa e abençoada missão.

O Rev. Nelson é pastor da IPB de Praia Grande / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT