O DRAMA DO SECULARISMO

“E não vos conformeis com este século, 
mas transformai-vos pela renovação da vossa mente (...)” Romanos 12:2.

O secularismo é uma ameaça à família cristã. Anestesia a consciência e mundaniza a Igreja. O ponto central do secularismo é a ideia de que Deus não interfere em todas as áreas da nossa vida. No domingo somos crentes; durante a semana vivemos a vida do nosso jeito e ao nosso gosto. O que vemos, ouvimos, falamos, fazemos ou deixamos de fazer não é mais regido pelos preceitos das Escrituras. Dicotomizamos a vida em secular e sagrado. Assim, namoro, casamento, negócios e lazer pertencem à área do secular e nessas áreas amoldamo-nos aos ditames do mundo e não aos preceitos da Palavra.

Nossas festas, embora precedidas por um culto a Deus, estão se tornando cada vez mais mundanas, onde não faltam bebidas alcoólicas, músicas profanas, danças sensuais, e todos os apetrechos importados das boates e danceterias mais especializadas no lazer mundano. O mundo está entrando na Igreja e a Igreja está se amoldando ao mundo. 


Ou colocamos o pé no freio ou a igreja será sal sem sabor e luz debaixo do alqueire. Voltemo-nos para Deus ou a família perderá sua vitalidade espiritual.

Oremos
Pai, desperta a Tua Igreja para um compromisso maior com a Tua vontade. Ela é a noiva de Cristo, portanto, deve primar pela pureza. Mantenha-a incontaminada. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?