O DRAMA DO AMOR AO DINHEIRO

“Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.” 
1 Timóteo 6:9.

O dinheiro é mais do que uma moeda, na vida de muitas pessoas ele é um ídolo. Para esses o dinheiro é "mamom", um ídolo, um deus pagão, o próprio diabo. No altar do dinheiro ("mamom") muitos matam e morrem, casam-se e divorciam-se, corrompem e são corrompidos. O dinheiro é um dos maiores pomos de discórdia dentro da família. Os cônjuges brigam por ele. Muitas pessoas buscam o dinheiro pensando ser ele a fonte de felicidade. Acumulam bens e ajuntam tesouros, mas descobrem que o dinheiro não preenche o vazio da alma.

O apóstolo Paulo diz que aqueles que querem ficar ricos caem em tentação e cilada e atormentam sua alma com muitos flagelos, pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Nada trouxemos para este mundo nem nada dele levaremos. Nossa felicidade não está no dinheiro, mas em Deus. Devemos ajuntar tesouros no Céu e não na Terra. Quando John Rockefeller, o primeiro bilionário do mundo, morreu, em seu funeral, um curioso perguntou a seu contador: “E aí, quanto é que John Rockefeller deixou?”. O contador respondeu: “Deixou tudo, não levou nem um centavo”. Não há caminhão em enterro nem gaveta em caixão.


Obs.: o dinheiro é bênção na família quando é abençoado por Deus, quando é obtido honestamente, e quando não sonegamos o dízimo que não pertence a nós, mas é de Deus (Ml 3:8). O dinheiro não é nosso senhor e sim nosso servo. Através do suor e do trabalho Deus nos manda o dinheiro com o qual compramos toda sorte de coisas necessárias para a vida na Terra. Deus pode acrescentar muitos bens na vida de Seus servos, mas e necessário entender que prosperidade não é ter muito dinheiro; prosperidade é ter Deus conosco, em nossa vida, em nosso lar. Ele é fiel e nos dá tudo de que precisamos (Sl 23:1).

Oremos
Senhor, faço minhas as palavras do sábio Salomão quando diz: “não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário”. Eu Te louvo, pois em Ti sou feliz. Em nome de Jesus. Amém. 


Extraído e ampliado de Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT