O DRAMA DAS CRISES PESSOAIS

“No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono (...)” 
Isaías 6:1.

As crises são inevitáveis, imprevisíveis e inadministráveis. Espreitam-nos por todos os lados e amedrontam-nos com sua carranca. As crises, porém, também são um tempo de oportunidade em nossa vida. Elas são como uma encruzilhada. Podem tornar-se a estrada do nosso triunfo ou a rota do nosso fracasso. A grande questão é: para onde olhar na hora da crise?

O profeta Isaías estava vivendo uma crise avassaladora. Sua nação estava de luto. O rei Uzias estava morto. Os ventos contrários da crise sopravam com fúria indômita trazendo em suas asas instabilidade política, econômica, moral e espiritual para a nação.

Nesse momento, Isaías teve a mais importante experiência da sua vida. Ele olhou para cima e viu Deus em Seu trono; olhou ao redor e viu a sua nação rendida ao pecado; olhou para dentro e viu a enormidade do seu pecado; olhou para frente e viu o desafio de Deus para sua vida. 


Alguns saem da crise derrotados; outros, vitoriosos. Não foque sua atenção na crise; volte seus olhos para Deus que está no controle de todas as crises.

Oremos
Senhor Deus, desse momento em diante quero olhar apenas para Ti quando encurralado pelas minhas adversidades. Chega de focar meus gigantes. Tu És a minha vitória. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL