O DRAMA DA VELHICE


“Ensina-nos a contar os nossos dias, 
para que alcancemos coração sábio.” 
Salmos 90:12.

O tempo é implacável e vai esculpindo em nossas faces rugas indisfarçáveis. Cada fio de cabelo branco que brota em nossa cabeça é a morte nos chamando para um duelo. Os anos pesam sobre nossa cabeça como chumbo, deixando nossas pernas bambas, nossos braços fracos e nossos olhos embaçados. A velhice é uma realidade incontornável. Mais cedo ou mais tarde precisaremos estar frente a frente com ela, a não ser que a morte nos visite precocemente. Muitas pessoas envelhecem com amargura. Tornam-se revoltadas com a vida e amargam na velhice uma dolorosa solidão.

Há outras, porém, que se tornam doces, sábias e fazem dessa fase outonal da vida os anos dourados e mais extraordinários da caminhada. Os velhos podem ser cheios do Espírito Santo e nutrir na alma grandes sonhos. Podem olhar para frente e ter projetos, em vez de celebrar apenas as conquistas do passado. Podem influenciar a nova geração, em vez de apenas enaltecer o passado. A velhice é um privilégio, uma bênção, uma dádiva de Deus. Devemos desejá-la e recebê-la com gratidão!

Oremos
Ó Deus, sei que a velhice pode ser um tempo de grandes oportunidades. Embora o passar dos anos traga marcas dolorosas, peço-Te que me dês alegria e amor pela vida, em todas as suas fases. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT