A ESPOSA DO CORDEIRO


“Vem, mostrar-te-ei a noiva, 
a esposa do Cordeiro.” 
Apocalipse 21:9.

O apóstolo João é chamado para ter duas visões: a queda da grande meretriz, que se embriagou com o sangue dos mártires, e a glória da noiva, a esposa do Cordeiro. A Igreja glorificada é apresentada como a noiva de Cristo. Quando João contempla a noiva, vê nela a glória de Deus. Todo o esplendor dos atributos de Deus ornava a noiva. Ela era gloriosa. A Igreja é a escrava resgatada. Estava cativa e foi liberta. Cristo amou a Igreja, Se entregou por ela, a santificou e a purificou por meio da lavagem de água pela Palavra.

Cristo adornou a Igreja para apresentá-la a Si mesmo como gloriosa, sem mácula. Seu amor pela Igreja é perseverante. Como o noivo se alegra da noiva, assim Cristo se alegra com a Igreja, a noiva do Cordeiro, que está sendo preparada, adornada e santificada para o encontro com o noivo. Aquele será o dia glorioso, quando Jesus virá com poder e glória para buscar sua noiva. Os remidos serão recolhidos dos quatro cantos da Terra. A Igreja entrará para o banquete da salvação. Então, se celebrarão as bodas do Cordeiro numa festa que nunca vai acabar!

Oremos
Pai, a Tua Igreja é a noiva do Cordeiro, foi por ela que Cristo Se entregou. Preciso amá-la mais e criticá-la menos. Dá-me graça para contribuir com a beleza de Tua noiva. Em Jesus, amém. 


Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT