Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

A RESSURREIÇÃO DE CRISTO E SEUS EFEITOS - PARTE 3

Imagem
Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti - S.C.Sul / SP
Culto Vespertino 29.04.12

A MORTE DA MORTE

TEXTO BÁSICO
1 CORÍNTIOS 15:12-26; 54-56

INTRODUÇÃO
Temos trabalhado nessa série de sermões alguns aspectos da morte e da ressurreição de Cristo e seus efeitos na vida da Igreja. Destaca-se a necessidade de crermos realmente na ressurreição de Cristo. Um sinal visível dessa fé é justamente a vida que levamos. Se cremos que Ele ressuscitou, devemos viver de acordo com o que Ele conquistou para nós em Sua morte e ressurreição.

O que observamos no cenário nacional uma Igreja numerosa, porém frágil em se tratando do conhecimento profundo de Deus e das Escrituras. Um povo que se deixa seduzir por falsas doutrinas e sinais a qualquer custo. O pragmatismo tem dominado mentes, corações e instituições. Muitos não se importam se está certo, mas se dá certo, se produz resultados.

A importância da pregação da Palavra de Deus é justamente para que nos despertemos espiritualmente e vivamos sob as bên…

JUSTIFICAÇÃO, ATO DE DEUS

Imagem
“Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus,
 por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.”
 Romanos 5:1.

A justificação é um ato legal de Deus e não um processo experimental. É realizada no tribunal de Deus e não no nosso coração. É completa e final e não possui graus. O menor crente está tão justificado como o crente mais piedoso. Paulo nos ensina quatro verdades importantes sobre a justificação no versículo acima. 

Primeira - o Autor da justificação. É Deus Quem nos justifica e nos justifica não com base em nossos méritos, mas por causa dos méritos de Cristo.

Segunda - o instrumento da justificação. Somos justificados mediante a fé e não com base em nossas obras. Se a obra de Cristo é causa meritória, a fé é a causa instrumental da nossa justificação. 

Terceira - o fruto da justificação: temos paz com Deus. Somos reconciliados com Deus e renascemos para dentro da família de Deus. 

Quarta - o agente da justificação. Todas as essas bênçãos espirituais nos são concedidas por meio de n…

ESSE É MEU REI (VÍDEO)

Imagem

EVANGELHO, O PODER DE DEUS

Imagem
“Pois não me envergonho do Evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê...” 
Romanos 1:16.

Paulo estava se preparando para visitar Roma, a capital do império. Caminhava para Jerusalém para levar aos pobres da Judéia uma generosa oferta. De Corinto escreveu sua mais robusta epístola e, já no prólogo, fez a mais audaciosa afirmação: “não me envergonho do Evangelho”. Paulo se sentia devedor do Evangelho. Estava pronto para pregar o Evangelho e não se envergonhava do Evangelho. Há indivíduos que se envergonham do Evangelho e outros que são a vergonha do Evangelho.

Paulo, porém, não se envergonhava do Evangelho, mesmo tendo sido preso e suportado açoites e apedrejamento por causa dele. Paulo não se envergonhava do Evangelho porque ele é onipotente. O Evangelho é o poder de Deus. Seu poder não é para a destruição, o Evangelho é o poder de Deus para a salvação. Não salvação de todos sem exceção, mas salvação de todos os que crerem no Evangelho, sem acepção. 

Há uma…

ENCORAJANDO OS OUTROS

Imagem

ESCÂNDALO E LOUCURA

Imagem
“Mas nós pregamos a Cristo crucificado, 
escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.”
 1 Coríntios 1:23-24.

O apóstolo Paulo estava em Corinto, uma importante cidade grega. Os grandes pensadores disputavam suas idéias em praça pública. Seus admiradores os aplaudiam. Os gregos eram achegados à filosofia. Por isso, consideravam a pregação acerca do Cristo crucificado como uma loucura. Os judeus, por sua vez, esperando a chegada do Messias vitorioso para dar fim à sua escravidão, julgavam que Cristo, que havia sido pregado na Cruz, era um verdadeiro escândalo. Paulo, porém, não se deixou mover por essas reações preconceituosas e extremadas. Continuou pregando a mensagem da Cruz. 

Não há outro Evangelho a ser pregado, senão anunciar a Cristo e este crucificado. Não há boas novas para o pecador fora da Cruz de Cristo. É pela morte de Jesus que temos vida. É pelo Seu Sangue q…

DECISÕES

Imagem

LANÇAI FORA O VELHO FERMENTO

Imagem
“Lançai fora o velho fermento, 
para que sejais nova massa...”
 1 Coríntios 5:7.

A páscoa judaica foi instituída na noite da libertação. O cordeiro foi imolado e seu sangue aspergido nos batentes das portas. De igual modo, Cristo nosso Cordeiro pascal, foi imolado (1 Co 5:7). Isso tem a ver com nossa redenção. Nessa festa, o fermento deveria ser removido de todas as casas, e isso tem a ver com a santificação. O fermento que leveda a massa é um símbolo do pecado que se infiltra em nossa vida e nos contamina. Não podemos participar da obra da redenção pascal de Cristo, com corações impuros e vida contaminada. Precisamos lançar fora o velho fermento, uma vez que somos nova massa.

Recebemos novo coração, nova mente, nova vida. Fazemos parte de uma nova família e temos nova pátria. Somos o povo de Deus, separado do mundo, para sermos luz no mundo. Não podemos imitar o mundo, ser amigos do mundo nem amar o mundo. Devemos nos inconformar com o mundo para não sermos condenados. Somos um povo sa…

MANTENHA O SEU SENSO DE GRATIDÃO

Imagem

A HUMILHAÇÃO DE JESUS

Imagem
“A Si mesmo Se humilhou, 
tornando-Se obediente até à morte e morte de Cruz.” 
Filipenses 2:8.

A encarnação do Filho de Deus é um dos maiores mistérios da história. Há um só Deus que subsiste em três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Esses três são da mesma substância, de tal maneira que o Filho é coigual, coeterno e consubstancial com o Pai e com o Espírito Santo. Porém, para realizar a nossa redenção, o Deus Filho fez-Se carne, esvaziou-Se da Sua glória, e na plenitude dos tempos, nasceu de mulher, sob a Lei, para ser nosso fiador e substituto. Sendo Deus Se fez homem; sendo rico Se fez pobre; sendo Senhor Se fez Servo.

O Pai da Eternidade entrou no tempo e Se vestiu pele humana. Humilhou-Se até a morte, e morte de Cruz. Mesmo diante das mais severas aflições, jamais retrocedeu em Seu propósito de nos salvar. Mesmo sendo perseguido, cuspido e esbordoado pela fúria dos pecadores, amou-os até o fim. Mesmo sendo pregado na Cruz, rogou ao Pai para perdoar Seus algozes.…

HERÓIS DA FÉ - DAVI BRAINERD

Imagem
Livro: Heróis da Fé - 20 homens extraordinários que incendiaram o mundo!

Mais de 300.000 livros vendidos! Um dos maiores clássicos da literatura evangélica. Vinte capítulos, vinte homens extraordinários que incendiaram o mundo. A cada capítulo uma história diferente, uma nova biografia. As verdadeiras histórias de alguns dos maiores vultos da Igreja de Cristo. Heróis como: Lutero, Finney, Wesley, Moody e Brainerd, dentre outros que resolveram viver uma vida de plenitude do Evangelho.

Autor: Orlando Spencer Boyer.

Nascido no dia 05 de Março de 1893 em Bedford, Iowa, Estados Unidos da América, casado com Ethel Beebe. Chegou ao Brasil em 1927, dedicado ao ministério de anunciar a Palavra de Deus, indicado pelo Conselho Missionário da Igreja de Cristo, denominação à qual pertenciam. Em Pernambuco, os Boyer passaram um ano estudando a língua portuguesa, aprimorando-se na maneira de falar com os nordestinos. De saudosa memória, além de ganhadores de almas foi um dos maiores escrit…

ABRINDO UMA TRILHA

Imagem

HOUVE TREVAS AO MEIO-DIA

Imagem
“Já era quase a hora sexta, e, escurecendo-se o sol, 
houve trevas sobre toda a terra até à hora nona.” 
Lucas 23:44.

Quando Jesus nasceu, houve luz à meia-noite; quando Jesus morreu, houve trevas ao meio-dia. Até mesmo o sol escondeu o seu rosto diante das agruras do Calvário. O sofrimento do Filho de Deus não foi apenas físico, mas, sobretudo, espiritual. Mesmo sendo Sua dor indescritível, em virtude dos açoites e torturas que precederam a fatídica jornada para o Gólgota bem como em razão da crucificação e das longas horas exposto a câimbras e dores excruciantes, o maior sofrimento de Jesus foi ser abandonado pelo Pai.

Naquele momento, não havia beleza em Jesus. Ele foi feito maldição por nós. Nossas transgressões estavam sobre Ele. A feiura do nosso pecado O cobriu de vergonha e dor. A hediondez das nossas iniquidades foi lançada sobre Ele. Porque foi feito pecado por nós, a Lei exigiu Sua morte sumária, pois o salário do pecado é a morte. Foi na negridão daquele dia que o véu do tem…

O TESTEMUNHO NOTÁVEL DE UMA SERVA DE DEUS

Imagem
Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti / SP
Culto Vespertino - 22.04.12

TEXTO BÁSICO – 2 REIS 5:1-4
1 E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu senhor, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso.
2 E saíram tropas da Síria, da terra de Israel, e levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã.
3 E disse esta à sua senhora: Tomara o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra.
4 Então, foi Naamã e disse ao seu senhor: Assim e assim falou a jovem que é da terra de Israel.

Obs.: para o entendimento dos fatos seguintes leia pelo menos até o vs.14.

INTRODUÇÃO
OS HERÓIS ANÔNIMOS – a palavra “herói” nos traz diversas sugestões à mente: os bombeiros que salvam vidas das chamas de um incêndio, os personagens de filmes de aventura, aqueles que se sacrificam nas frentes de batalha para garantir a paz da nação, etc. O t…

CINQUENTENÁRIO DA SAF IPVG

Imagem
Louvado seja o Senhor!!!
A nossa SAF completa o seu cinquentenário, que bênção!!!
Parabéns a todas as irmãs!!!





www.ipbvilagerti.org.br

TULIP - OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO

Imagem
IPB de Vila Gerti
São Caetano do Sul / SP
EBD 08.01.12 - Depravação Total
EBD 15, 22 e 29.01.12 - Eleição Incondicional
EBD 22.04.12 - Expiação Limitada

TULIP - Acróstico formado pelas iniciais, em inglês, das cinco doutrinas reformadas da salvação, conhecidas também como as Doutrinas da Graça de Deus.

* Total Depravity - Depravação Total
* Unconditional Election - Eleição Incondicional
* Limited Atonement - Expiação Limitada
* Irresistible Grace - Graça Irresistível
* Perseverance of the Saints - Perseverança dos Santos




DEPRAVAÇÃO TOTAL (Total Depravity)
A Bíblia diz que Deus criou o primeiro homem, Adão, à Sua imagem e semelhança. Deus fez um pacto com esse homem a fim de que, através da obediência aos Seus mandamentos, este pudesse obter vida. Contudo, o homem falhou desobedecendo a Deus deliberadamente, fazendo uso do seu livre-arbítrio, rebelando-se contra o seu Criador. Este pecado inicial de desobediência (conhecido como a “queda do homem”) resultou em morte espiritual e ruptura na ligaç…

QUANDO O SENHOR VAI CONOSCO

Imagem
Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti - S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 22.04.12

“Então, lhe disse Moisés: Se a Tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar.” Êxodo 33:15.

Moisés tinha sobre si uma responsabilidade enorme: conduzir o povo de Deus até a Terra Prometida. Diante de tantas dificuldades que essa missão trazia, Moisés entendeu que sem a ajuda de Deus ele não seria capaz de obter sucesso em seus empreendimentos.

Como seria bom se todos entendessem que sem Deus ninguém pode ser feliz, e não há vitória sem Ele. A arrogância do ser humano está em prosseguir sem pedir ajuda a Deus, sem clamar por Sua presença. O resultado disso é sempre o pior: frustração, tristeza, sentimento de derrota, amargura, desesperança, desilusão, sofrimento, dor e morte...

Mas tudo é diferente quando o Senhor vai conosco! As lutas existem, mas Ele nos ajuda a vencer e superar os obstáculos. Foi assim com Moisés e é assim conosco: vencemos não na nossa força, mas na força dEle. Ele …

TÃO GRANDE SALVAÇÃO

Imagem
“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; 
e isto não vem de vós, é dom de Deus.” Efésios 2:8.

A salvação tem uma causa meritória e uma causa instrumental. A causa meritória é a graça, pois expressa a obra realizada por Jesus Cristo na Cruz; a causa instrumental é a fé, ou seja, apropriamo-nos da salvação pela graça mediante a fé. Não somos salvos por causa da fé, mas mediante a fé. Três verdades podem ser destacadas acerca da salvação: 

1º - sua causa: a graça; 
2º - seu instrumento: a fé; 
3º - sua consequência: as boas obras. Somos salvos pela graça, mediante a fé para as boas obras.

Não somos salvos pela obra que fazemos para Deus, mas pela obra que Cristo fez por nós na Cruz. Não praticamos as boas obras para sermos aceitos por Deus, mas porque fomos aceitos, para evidenciar nossa aceitação pela graça. As boas obras não são a causa da salvação, mas seu resultado. Fomos salvos para as boas obras, e não por causa das boas obras. 

Graça, fé e boas obras constituem o tripé da nossa sa…

CUIDADO COM SEU CORAÇÃO

Imagem
Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Passeio em Cotia 21.04.12

“Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem o teu coração e agradam os teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas.” Eclesiastes 11:9.

Este texto é lido sempre para os jovens, porque é direcionado a eles, em primeiro lugar. No entanto, a mensagem contida serve para todas as pessoas. Aqui o Senhor faz um alerta muito sério acerca dos perigos do coração e o Dia do Juízo Final, onde Ele pedirá contas a cada um de nós sobre todos os nossos atos.

É necessário compreender o sentido do texto. O teor dessas palavras soa como um alerta de Deus sobre o perigo de seguirmos os caminhos que o nosso coração e os nossos olhos tentam nos direcionar. Aqueles que só querem recrear seus corações e agradar seus olhos terminam se corrompendo em diversos pecados, e passam a viver em função disso. É o homem buscando…

DIA DA MACONHA

Imagem
Por: Rev. Paulo Sergio da Silva

"Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquEle que nos amou." Romanos 8:37.

Hoje é o chamado "dia da maconha". Um povo prisioneiro do diabo pelos laços da falsa alegria e da falsa paz, apregoando a legalização do crime. É assim que classifico os que defendem o uso da maconha. Drogados do mundo todo tentam fazer uma propaganda a favor da liberação dessa droga. O que se pode esperar de quem deseja viver drogado? Parece que esse é, de certo modo, um retrato da sociedade que está ficando cada vez mais inebriada, entorpecida, tomada por uma sensação de que tudo pode, tudo que se quer fazer vale a pena, não importando as conseqüências de seus atos, ou se é certo ou errado... O que Deus ensinou ao homem na Bíblia é cada vez mais zombado e abandonado. Exemplo disso é uso de termos como "maluco", "maluquice", "muito louco", "viajar", que já fazem parte do vocabulário de muito…

DESGASTE

Imagem
"Eu de boa vontade me gastarei e ainda me deixarei gastar em prol da vossa alma. Se mais vos amo, serei menos amado?" 2 Coríntios 12:15.

A maioria das pessoas evita ou foge de desgastes, inclusive este que vos fala. Uma situação desgastante é desagradável, não é o objeto de desejo nem o sonho de ninguém. Podemos nos desgastar emocionalmente, fisicamente, financeiramente, e também relacionalmente. Muitos casamentos acabam quando o desgaste chega a níveis intoleráveis.

O que acontece, então, com pessoas que gastam sua vida pela alma de outros, como menciona aqui o apóstolo Paulo? Poderiamos encarar isso, como doença ou distúrbio? Não creio. Para mim é um ato de amor, doando o que se tem de mais precioso que é a própria vida. Olhada para o exemplo de Jesus, nosso autor e consumador da fé, fica patente que Ele não precisava Se desgastar, mas decidiu aceitar isso para que se cumprisse o propósito de Sua existência.

Assim também nós devemos agir em prol do Reino de Deus. Devemos ente…

EVITANDO UMA REAÇÃO QUÍMICA

Imagem
Por: Nelio DaSilva

Uma Conversa Franca Sobre o Adultério e Suas Implicações Para a Família Pastoral

Adultério tem invadido a nossa sociedade com uma força jamais anteriormente conhecida. O assunto é inevitável. Televisão, cinema e canções tem explorado com maestria as tramas desenvoltas num relacionamento triangular. Há não muito tempo atrás Calvin Klein lançou a sua famosa fragrância "Eternity" (eternidade), apostando com este nome na duração do seu produto. Atualmente, ele também está vendendo como nunca a sua nova fragrância "Escape" (fuga), insinuando com este nome a fragilidade das relações traduzidas nas famosas escapadas fora do casamento. Os escândalos de ordem sexual não são mais apenas prerrogativas de jornais baratos e sensacionalistas. Em anos recentes até mesmo as publicações denominadas "respeitáveis" têm penetrado nos enlameados escândalos de famílias famosas. A imprensa mundial não tem dado tréguas aos membros da família imperial inglesa faz…