ESPIRITUALIDADE E GENEROSIDADE

“Ninguém considerava exclusivamente sua nem 
uma das coisas que possuía; tudo, porém, lhes era comum.” 
Atos 4:32.

A verdadeira espiritualidade é aquela que nos remete para fora. Ela busca destruir todos os possíveis ídolos existentes em nossos corações, inclusive o ídolo do dinheiro. Ela rompe as barreiras do egoísmo, da falta de amor, da falta de visão, da falta de generosidade, da falta de liberalidade, etc., e caminha na direção do outro, das necessidades do outro, com um olhar de alteridade e solidariedade. Ou seja, ela caminha na direção da doação, da entrega, do serviço, sem qualquer tipo de barganha com Deus. Simplesmente dá. 


No livro de Atos dos Apóstolos temos um exemplo clássico de um homem que viveu uma espiritualidade voltada para fora de si mesmo e, ao mesmo tempo, voltada para dentro do Reino. Esse homem foi Barnabé. Ele teve uma atitude de fé e liberalidade, investindo na obra do Reino de Deus quando vendeu tudo o que tinha e repartiu. 

Próximo não é quem está no meu caminho, mas aquele em cujo caminho eu me coloco para estender a mão com generosidade expressiva.

Oremos
Deus compassivo, abre os meus olhos para que eu veja os necessitados à minha volta e me toca a fim de eu me mover em direção a eles. Livra-me do meu egoísmo. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT