A ESPIRITUALIDADE DO PERDÃO

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas,
 também vosso Pai celeste vos perdoará.” 
Mateus 6:14. 

Quando pensamos no perdão devemos nos perguntar sobre o que devemos fazer para aprendermos a perdoar, e como nos fazer perdoáveis nas relações. Bem sabemos que as nossas relações, sejam familiares, conjugais, eclesiásticas, profissionais, fraternas etc., são marcadas, aqui e acolá, por desajustes e fraturas, que necessitam do exercício do perdão como chave para desmantelar os mecanismos de destruição da alma e do coração, sem o que a nossa existência fica absolutamente comprometida.

Jesus Cristo, que viveu debaixo de intenso sofrimento, que bebeu o cálice da dor, da humilhação, não sucumbiu ante todo o sofrimento nos ensinando a liberar perdão aos Seus inimigos, como expressão da Graça do Pai. Jesus Cristo é o Caminho para vencer todo tipo de falta, desvio, pecado, violência doméstica etc. Perdoar é deixar as pegadas da graça na estrada da vida. O perdão nos habilita a prosseguir segundo a misericórdia com que fomos alcançados. Eis um tremendo conforto!

Oremos
Pai, Tu me perdoastes de uma dívida que eu jamais poderia quitar por mim mesmo. Que a certeza desse amor dispensado crie em mim um coração perdoador. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT