ESPIRITUALIDADE DO CUIDADO

“Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.” Tiago 2:17.

Invariavelmente os mordomos são responsáveis por sua conduta pessoal perante o seu senhor em cada aspecto do seu comportamento e relacionamento. Ou seja, eles são responsáveis pela maneira como se conduzem em relação às coisas e às pessoas. Nesse sentido, torna-se imprescindível compreender o fato de que a vida é um grande e maravilhoso dom da parte de Deus, confiado a cada um de nós.

Sendo assim, a espiritualidade do cuidado implica em que, sob o soberano senhorio de Deus, administramos as coisas do Senhor para atender às nossas necessidades e de tantos quantos ele mesmo coloca em nosso caminho. Atender às necessidades dos pobres, dos famintos, dos doentes, das viúvas deste mundo.

Trata-se de uma espiritualidade transformada em ação, em obras, como expressão de nossa fé no poderoso Deus de toda providência, amor e cuidado. Ver o Senhor no rosto do desprovido e agir em sua direção é sinalizar a ação do Espírito Santo de Deus em nossas vidas. Que ele nos ajude!

Oremos
Senhor Deus, quero que minhas ações confirmem minhas palavras. Vou agir de conformidade com a Tua Palavra e expressar minha fé através de cada atitude. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT