DISPOSIÇÃO


"Ela, contudo, replicou: Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos." Mateus 15:27.

Quem quer reclamar passa a vida toda reclamando. Até no culto reclama que o som é alto, que está muito quente ali dentro, que nada lhe agrada, nem mesmo a mensagem. Comecei a colocar estas pessoas no lugar desta mulher cananéia e fiquei imaginando...

Jesus chamou a mulher e sua familia de cachorrinhos. Por mais carinhosa que tenha sido a expressão, no sentido de que as pessoas amam seus animaizinhos de estimação, ninguém gosta de ser chamado de cachorro. Pode ser bonitinho, amado, pode ser o que for, mas ninguém gosta de ser comparado a animais... Meu querido leitor, nossas Igrejas estão cheias de gente que não atura desaforo, nem a Jesus respeitam. Essa mulher foi diferente, ela tinha uma situação em casa com sua filha que não lhe dava margem para dengos e melindres.

Se olharmos para Jesus com objetividade e focarmos em solucionar as situações, certamente seremos menos sensíveis ao que nos é falado. Por mais que tenhamos razão, por mais que o interlocutor seja indelicado (o que não foi o caso de Jesus), por mais que tudo tenha justificativa razoável - nem sempre a Palavra que recebemos será música para nossos ouvidos, e precisamos aprender a viver focados no alvo. O alvo da mulher cananéia era a cura de sua filha, nada era mais importante do que isso. Muitas pessoas deixaram de seguir Jesus por causa de palavras consideradas duras, e isso reflete o fato de que não terem crido nEle. Foi assim tambem com o jovem rico... Se essas pessoas cressem de fato que ali estava o próprio Deus encarnado, teriam se humilhado como fez a mulher cananéia.

Qual é o seu alvo? O que é mais importante do que tudo em sua vida? É assim importante a ponto de tolerar ofensas, desaforos, palavras duras? Me permita um conselho, e digo eu, não o Senhor: foque nisso e deixe o resto de lado. Não faça conta do que te dizem se não for para te colocar ainda mais no foco. Para o que possa tirar você do foco, ensurdeça. E creio de todo coração que teremos Igrejas locais, reuniões, cultos, etc., muito diferentes. Você e eu podemos ser responsáveis por isso.

"Senhor, eu não quer ser um murmurador e sim um adorador. Tem misericórdia de mim e me permita aprender focar unicamente no alvo, desconsiderando tudo que me afasta dele."

Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL