SEJA HOMEM

1 Reis 2:1-4

"Seja forte e seja homem." 1 Reis 2:2b.


Conforme lemos hoje, o rei Davi, pressentindo o momento de sua morte, deu instruções ao seu filho Salomão, que haveria de herdar o trono.

Salomão tinha razões para ficar assustado e precisar de palavras de ânimo: não só que podia perceber a proximidade da morte do seu pai, o que é certamente um abalo emocional, e também porque
era jovem e teria de assumir o trono de Davi, com todas as suas responsabilidades. Diante de situações semelhantes é comum ouvir o conselho: “Seja homem e agüente firme!” É uma exigência de maturidade para enfrentar a situação. No caso do rei Davi, ele ainda deu instruções mais detalhadas a Salomão no sentido de que a sua conduta fosse fiel e obediente aos mandamentos de Deus. Esta seria a condição para que o seu reino permanecesse firme.

Pressões como estas podem sobrevir a nós também, mas nossa situação é bem melhor desde a vinda de Jesus. Quando Marta e Maria enfrentaram a morte do seu único irmão Lázaro, Jesus apareceu quatro dias após o sepultamento do amigo e encontrou suas irmãs em prantos e desconsoladas. Nesse cenário o Senhor Jesus disse as célebres palavras: “Eu Sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em Mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em Mim, não morrerá eternamente” (Jo 11:25-26). Portanto, se você crê em Jesus Cristo, pode até chorar diante de uma situação difícil, mas assuma a sua posição de um filho ou filha de Deus. Saiba que você tem por Pai o grande Deus e Senhor de todo o Universo, que apesar de todas as circunstâncias está no controle, e diz assim:  


“Habito num lugar alto e santo, mas habito também com o contrito e humilde de espírito, para dar novo ânimo ao espírito do humilde e novo alento ao coração do contrito” (Is 57:15).

Com Jesus, o desespero com as pressões e dificuldades da nossa vida transforma-se em maturidade.

Pão Diário.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT