A PALAVRA DO MESTRE - O QUE VOCÊ TEM FEITO PELA OBRA MISSIONÁRIA?

Por: Rev. Nelson França

"Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura." Marcos 16:15.


Estive lendo um livro antigo de Oswald Smith. Ele foi pastor da “Igreja do Povo” (Peoples Church), em Toronto, Canadá, a partir de 1930.

Chamou-me a atenção, a dedicação dele e sua Igreja na obra missionária. Sob a direção do pastor Oswald, eles se tornaram responsáveis pelo sustento de 350 missionários. Mas, quando já com a idade avançada, ele se declarava insatisfeito, e dizia esperar viver o suficiente para completar o apoio a 400 missionários.

Outro ponto interessante, é que a despesa anual da Igreja com a obra missionária era cinco vezes maior que a despesa com ela própria. Num dos anos, por exemplo, mencionado pelo pastor, as despesas internas foram de 43.000 dólares, enquanto com missões, 225.000 dólares. Vale salientar, que a maior parte do dinheiro que investiam em missões, eram fruto exclusivo de Ofertas.

Tudo começou com a disposição do próprio pastor Oswald, quando já ordenado, em ir para os campos missionários da Rússia e da Europa. Mas, embora tenha se disposto e ido evangelizar nesses lugares, todas as vezes que ia, precisava retornar por motivo de enfermidade. Após várias tentativas, chegou à conclusão que só lhe restava uma coisa: enviar substitutos, mandar outros, o que na verdade começou a fazer a partir daí.

Outro ponto interessante mencionado por ele, é que na sua busca de missionários para enviar aos campos estrangeiros, ele demonstrava particular interesse pelos jovens, entendendo que somente por meio deles poderiam chegar aos povos não alcançados.

É difícil tomar conhecimento de fatos como estes, sem considerar o nosso próprio contexto; digo, não só como igreja, que pode separar um valor de sua arrecadação e direcionar para a obra missionária; mas, acima de tudo como indivíduos. Até porque, aquela Igreja não chegou àquele alvo de contribuição devido os dízimos, mas, acima de tudo pelas ofertas.

Enfim, se individualmente formos mais generosos, a Igreja poderá apoiar maior número de missionários, o que será uma grande benção!

Faça sua parte. Que Deus nos conceda um coração fiel e generoso.

O Rev. Nelson é pastor da IPB de Praia Grande / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL