O PEDIDO DE UMA MÃE

“...declara que no Teu Reino estes meus dois filhos se assentarão um à Tua direita e outro à Tua esquerda.” Mateus 20:21.

Com o intuito de cuidar e zelar por seus filhos, normalmente os pais não medem esforços para ajudá-los. Esforçamo-nos para ganhar os recursos para sustentá-los. Estamos sempre atentos para a saúde dos pequenos. Lutamos para lhes dar boa formação moral, espiritual e acadêmica. Jesus nos ensina que há limites para algumas coisas que pedimos. Esse texto nos alerta sobre isso. Especialmente quando exigimos primazia e deferência. Nesse caso o pedido de uma mãe para que seus filhos tenham o privilégio de ficar próximos de Jesus não faz nenhum sentido. Isso denota oportunismo e não serviço.

O desafio que o Senhor Jesus tem para a nossa família é que todos os seus membros estejam dispostos a servir ao próximo. E isso sem nenhum tipo de reivindicação. Pais e mães que protegem demais seus filhos os tornam exigentes e dependentes. Por outro lado, filhos, quando adultos, que não conseguem romper os laços emocionais com suas famílias, também se tornam reféns do paternalismo. Deus procura pais e filhos que mostrem amor uns aos outros e estejam dispostos sempre a servir, seguindo o exemplo de Cristo.

Oremos
Pai Eterno, o que mais quero para os meus filhos é a Tua presença na vida deles. Salva-os e transforma-os em servos para que o mundo o conheça. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?