ANTIOQUIA, A CIDADE DO FAROL

“(...) depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram.” Atos 13:3.

Criados como instrumentos de orientação aos navegantes, os faróis têm sido um fator de segurança para que os navios encontrem o caminho certo em direção aos portos, bem como se livrem dos riscos dos recifes e de outras áreas perigosas para a navegação. Depois da ascensão do Senhor Jesus, a missão de Deus foi entregue a um grupo de homens e mulheres que teria a incumbência de fazer Cristo conhecido para além do mundo judeu.

Conhecida por ser o lugar onde os discípulos de Jesus foram chamados pela primeira vez de cristãos (At 11:26), Antioquia, na Síria, foi um dos refúgios para os seguidores de Jesus que estavam sendo perseguidos logo após o martírio de Estevão. Desta cidade partiram Barnabé e Paulo, enviados pela Igreja, para uma abençoada viagem missionária. Desta forma, Antioquia se tornara a cidade farol. A luz que partia daquela comunidade iria se propagar em outros lugares ainda sob a escuridão das trevas espirituais. Sua Igreja, em sua cidade, é um farol de onde partem aqueles que irão levar as boas novas do Evangelho?

Oremos
Pai, faça de minha Igreja um farol para que, mesmo aqueles que estão longe, possam receber a poderosa mensagem do Evangelho. Em Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL