COLOCANDO ÁGUA NA FERVURA

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” Provérbios 15:1.

O nosso maior problema não é com nossas ações, mas com nossas reações. Podemos conviver em paz com uma pessoa a vida toda, desde que ela nos respeite. Porém, quando essa pessoa nos provoca com uma pergunta insolente, perdemos o controle e a compostura, e damos uma resposta à altura. É por isso que o sábio nos mostra que não é a palavra branda que desvia o furor, mas a resposta branda. Isso é mais do que ação, é reação. Mesmo diante de uma ação provocante, a pessoa tem uma reação branda. É como colocar água na fervura. É ter uma reação transcendental.

O oposto disso é a palavra dura e deselegante. Essa palavra em vez de jogar água na fervura, coloca mais lenha na fogueira. Em vez de abrandar o coração, provoca a ira. A escolha é nossa: podemos ser pacificadores ou provocadores de contendas. Podemos dominar nossas ações e reações ou ferir as pessoas com a nossa língua e com nossas atitudes. Nossa língua pode ser medicina ou espada.

Encorajo você a ser um agente da paz em vez de um instrumento da guerra, um construtor de pontes em vez de um feitor de abismos.

Oremos
Pai, muda-me completamente. Derrama graça sobre meu falar. Adocica minhas palavras mesmo quando confrontado com lábios amargos que tentam me desestabilizar. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários