COLOCANDO ÁGUA NA FERVURA

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” Provérbios 15:1.

O nosso maior problema não é com nossas ações, mas com nossas reações. Podemos conviver em paz com uma pessoa a vida toda, desde que ela nos respeite. Porém, quando essa pessoa nos provoca com uma pergunta insolente, perdemos o controle e a compostura, e damos uma resposta à altura. É por isso que o sábio nos mostra que não é a palavra branda que desvia o furor, mas a resposta branda. Isso é mais do que ação, é reação. Mesmo diante de uma ação provocante, a pessoa tem uma reação branda. É como colocar água na fervura. É ter uma reação transcendental.

O oposto disso é a palavra dura e deselegante. Essa palavra em vez de jogar água na fervura, coloca mais lenha na fogueira. Em vez de abrandar o coração, provoca a ira. A escolha é nossa: podemos ser pacificadores ou provocadores de contendas. Podemos dominar nossas ações e reações ou ferir as pessoas com a nossa língua e com nossas atitudes. Nossa língua pode ser medicina ou espada.

Encorajo você a ser um agente da paz em vez de um instrumento da guerra, um construtor de pontes em vez de um feitor de abismos.

Oremos
Pai, muda-me completamente. Derrama graça sobre meu falar. Adocica minhas palavras mesmo quando confrontado com lábios amargos que tentam me desestabilizar. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL