O AGIR DE DEUS!!!

"Ainda antes que houvesse dia, Eu Sou; e ninguém há que possa fazer escapar das Minhas mãos; agindo Eu, quem o impedirá?" Isaías 43:13.

Certa vez um pastor contou que tinha um filho que nasceu e viveu na Igreja até sua juventude, quando abandonou os caminhos do Senhor e foi servir ao mundo. Acabou tornando-se viciado em drogas e se prostituindo. Seus pais nunca deixaram de orar a Deus pedindo para trazê-lo de volta e restaurá-lo de sua vida dissoluta. Eles sempre imaginavam que Deus iria, por uma jovem da Igreja que fosse um vaso nas mãos de Deus, para ajudá-lo a voltar e por sua vida em ordem.

O tempo passou e nada, até que um dia seu filho apareceu em casa com uma jovem igualmente viciada em drogas, que se prostituia para manter seu vicio, grávida de seu filho. Ficaram horrorizados, mas aceitaram-na, de bom coração, em casa para cuidar dela. Não se passou um mês e esta moça acabou indo pela primeira vez com os pais dele na Igreja e acabou aceitando a Jesus como Salvador. Logo depois, Jesus  restaurou a vida desta moça, simultaneamente  restaurou a vida do filho do pastor de igual modo.

Isto é o que Jesus faz, tirou dois jovens das drogas e da prostituição e deu-lhes vida nova, e tornaram-se vasos usados nas mãos de Deus, deixando todos maravilhados com o agir de Deus, que faz tudo do Seu modo e nos  surpreende, para a Sua própria glória. Agora digo: como poderia alguém recusar o que Deus purifica? O que Deus purifica fica mais branco do que a neve. 


Como diz a Palavra: quem pensa estar de pé, cuide-se para que não caia (1 Co 10:12). Hoje estamos bem, não sabemos amanhã, e muitas vezes não estamos preparados para o pior, mas é tudo pela misericórdia de Deus, por isso Deus quer que tenhamos misericórdia  também dos outros.

Fique na doce paz do Senhor Jesus!
Jesus Te ama, leia a Bíblia.

Colaboração Pb. Eduardo Valente - 1ª IPB de Santos / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT