JUIZ

"Um só é Legislador e Juiz, aquEle que pode salvar e fazer perecer; tu, porém, quem és, que julgas o próximo?" Tiago 4:12.

Até mesmo por conta de uma polêmica anterior, estou meditando sobre julgamento, juizado e conceitos de justiça. A gente tem o feio costume de emitir julgamentos, conceitos, tomando decisões como se fôssemos nós mesmos os juízes de tudo e de todos. Se o assunto é política, futebol, Igreja - todo mundo tem opinião (e isso é bom) mas muitos querem ter a razão e para isso julgam a opinião e postura dos demais.

Curioso notar que gostar ou não gostar de alguma coisa, é um direito que me assiste e expressar minha opinião faz parte do convívio social. Mas quando minha opinião é, basicamente, sobre os pontos negativos da opinião dos demais, estou julgando. É como no mundo dos negócios. Eu posso optar por falar bem do meu produto ou por falar mal do concorrente. Em ambos os casos eu terei clientes que decidirão comprar de mim e clientes que decidirão comprar de meus concorrentes. Mas será muito mais adequado falar bem do meu do que mal do concorrente, o que seria um julgamento.

Exatamente assim ocorre com as relações humanas, especialmente em momentos de discórdia ou conflitos. Parece campeonato onde cada ponto negativo do outro conta positivo para mim. Isso não é bom, nada bom. Se eu não quiser me colocar como juiz de meus irmãos, preciso focar no meu ponto positivo e não no negativo do outro.

Este verso nos ensina que não há dois juízes, portanto num certo sentido ao tentar julgar nosso irmão, tomamos o lugar de Deus e isso é ruim, muito ruim... Eu não diria que chega a caracterizar idolatria, mas rebeldia com certeza e a diferença não é muito grande em termos de desagrado ao coração do Pai.

Se cada um de nós focasse mais em si mesmo e menos nos demais, em termos de conceito e opinião, sem deixar de atentar para o convívio e as necessidades a serem supridas, provavelmente entenderíamos melhor o que Jesus disse com "amai-vos".

"Pai, me ajuda a conseguir encontrar o equilibrio das idéias e conceitos, sem julgar meus irmãos e sem tomar o lugar de juiz, pois não sou Justo como Tu. Ajuda-me, por favor."

Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT