JERUSALÉM, A CIDADE DAS COLINAS

“Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia...” Atos 2:4.

Jerusalém foi construída no topo das montanhas. Ali estão os Montes das Oliveiras, Sião e Moriá. Essa cidade conquistada pelo Rei Davi tornou-se a capital de Israel e o centro do culto judaico, pois foi ali, no topo do Monte Moriá, que Salomão construiu o Templo do Senhor. Jerusalém foi destruída por Nabucodonosor em 586 a.C., e restaurada mais tarde por Neemias na volta do cativeiro babilônico. Nos dias de Jesus, essa cidade estava sob o poder dos romanos. No ano 70 d.C., Tito Vespasiano destruiu o Templo, saqueou a cidade e dispersou os judeus. Essa dispersão durou 1878 anos, pois a soberania de Israel só foi restaurada em 1948.

Em Jerusalém Jesus realizou grandes milagres e proferiu solenes ensinamentos. Em Jerusalém Ele foi preso, julgado e condenado à morte. Em Jerusalém, o Filho de Deus foi cuspido, surrado e carregou pesada Cruz sob os aplausos da multidão enfurecida. Nessa cidade Jesus foi crucificado e sepultado. Mas também nessa cidade Ele ressuscitou e apareceu aos Seus discípulos, derramando sobre eles, oportunamente, o Seu Espírito.

Oremos
Deus, a mesma cidade que foi palco de desprezo e ódio igualmente testemunhou dedicação e amor. Quero estar entre aqueles que vêem em Cristo motivo de glória, não de escândalo. NEle eu peço, amém.

Cada Dia.

Comentários