COMO UM ANIMAL DE MOINHO

"Então, os filisteus pegaram nele, e lhe vazaram os olhos, e o fizeram descer a Gaza; amarraram-no com duas cadeias de bronze, e virava um moinho no cárcere." Juízes 16:21.

Eu tenho trabalhado muito, tanto no sentido de fazer muitas coisas como no sentido de muitas horas por dias. Não tenho respeitado feriados e, por vezes, em domingos tenho viajado para trabalhar. Às vezes, me sinto como um jumento de moinho.

Quando tirei um tempo para adorar ao Senhor fui atropelado por esta palavra que compartilho. Sansão foi empurrar pedra de moinho no seu cárcere por alguns poucos motivos: foi soberbo, foi desobediente, foi mulherengo, não honrou seu voto com Deus...

Quantos de nós será que estão sendo colocados por jumento de moinho apenas por umas poucas coisas? Eu só posso falar por mim, mas se olhar com cuidado, eu certamente poderia estar gastando meus dias de outra forma. Exige atitude, decisão, firmeza, sacrifícios. Talvez mais sacrifícios do que eu esteja disposto a pagar. Talvez mais firmeza do que eu tenha disponível. Mas que poderia ser diferente, não tenho dúvida.

Talvez nem eu nem você sejamos como Sansão, mas se pudermos terminar melhor do que ele terminou isso certamente será bom. O excesso de trabalho, as correrias do cotidiano, a ganância e tantas outras coisas encarceram e escravizam. Há cura, claro.

A cura se chama santidade e intimidade com o Senhor. O texto de Isaías 9:6 diz que Seu nome seria Príncipe da Paz, entre outras coisas. A vida de Sansão não é o retrato da paz. A minha hoje talvez não seja. Mas isso vai mudar, pelo menos em mim. Busco no Senhor a força para mudar. Devemos trabalhar e não precisa, nem deve, ser pouco. Mas tudo tem de ter seu limite.

Se depende de um aviso, eu recebi o meu: controle-se e sirva mais do que seja servido. Foque no Reino de Deus e deixe o resto ser acrescentado. As muitas dores passarão quando as muitas correrias passarem.

Se você se sente amarrado a uma pedra de moinho examine sua caminhada. Talvez haja um pouco de Sansão nela. Talvez seja apenas uma fase. Talvez seja o inimigo tripudiando. Talvez... Por via das dúvidas, eu estou decidido a mudar.

"Senhor, se meu caminho está errado quero endireitá-lo; e se tem algo em mim pra mudar eu quero mudar. O que não quero é ser encarcerado por algo que poderia ser evitado. Ajuda-me, por favor..."


Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL