PUNIÇÃO DO ÍMPIO, CERTA E RIGOROSA

“Se o justo é punido na Terra, quanto mais o perverso e o pecador!” Provérbios 11:31.

Não é verdade que a vida do justo é um mar de rosas. Ser cristão não é viver numa colônia de férias. O justo é afligido na Terra, ora por suas fraquezas, ou mesmo quando pratica a justiça. Paulo diz que nos importa entrar no reino de Deus por meio de muitas tribulações. Mas, se o justo não é poupado de punição na Terra, quanto mais o pecador. Eles estão acumulando ira para o Dia da Ira de Deus, e sofrerão não apenas o castigo que seus atos merecem, mas também penalidade de eterna destruição.

Serão banidos da face do Deus vivo e lançados nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes. O sofrimento do justo é disciplina e não castigo. Deus disciplina a quem ama. A disciplina é ato de amor. As aflições do justo não vêm para lhe destruir, mas para lhe fortalecer a alma. Porém, o castigo do perverso em vez de quebrantar-lhe o coração, o torna mais duro, pois o mesmo sol que amolece a cera, endurece o barro. O justo é castigado e, arrependido, corre para os braços do Pai; mas o perverso é afligido e blasfema contra o Senhor.

Oremos
Deus, a Tua Palavra diz que o Senhor é fogo consumidor. A Ti pertence a vingança. Horrível coisa é cair em Tuas mãos. Louvado sejas, pois a impiedade, decerto, terá a sua paga. Em Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL