A ESPERANÇA DOS ÍMPIOS É FRUSTRAÇÃO

“Morrendo o homem perverso, morre a sua esperança, e a expectação da iniquidade se desvanece.” Provérbios 11:7.

Diz o ditado popular que a esperança é a última que morre. Mas, morre. Quando o perverso morre, morre com ele sua esperança. Isso, porque sua esperança se limita apenas a esta vida. Todo investimento do perverso termina quando ele desce à sepultura. Tudo o que ele ajuntou ficará aqui mesmo. Ele nada trouxe nem nada levará desta vida. A expectação da iniquidade se acaba como névoa. O mais grave, porém, é que o fim da linha do perverso não é o túmulo gelado, mas a eternidade de trevas e tormentos, banido para sempre da presença de Deus.

A esperança do perverso desemboca no desespero. Aqueles que esperam em Deus têm viva esperança (1 Pe 1:3). Esses renovam suas forças e sobem, correm e caminham no vigor do Onipotente (Is 40:31). Os que esperam no Senhor não fecham as cortinas da vida no ocaso da existência, pois a morte para eles não é o fim da jornada, mas o amanhecer de uma eternidade cheia de glória. A esperança do cristão não é uma fantasia nem um devaneio. É uma pessoa, é Jesus. Ele é a nossa esperança!

Oremos
Pai bendito, quebra as algemas que insistem em prender-me à ganância e ao materialismo. Quero viver esta vida sem deixar de depositar minha esperança em Cristo. NEle e em nome dEle eu oro. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL