A BOCA DO ÍMPIO, ESPADA AFIADA

“O ímpio, com a boca, destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento.” Provérbios 11:9.

A boca do ímpio é arma mortal. Sua língua, uma espada afiada. A Bíblia diz que a língua é como uma fagulha que incendeia a floresta. Uma palavra dita com a motivação errada e com a entonação de voz errada pode provocar desastres irreparáveis. É como subir numa montanha e abrir um saco de penas, que serão levadas pelo vento e se espalharão por todos os cantos. Impossível é recolhê-las todas de volta. A boca do ímpio espalha palavras cheias de veneno; é sepultura aberta que destrói o próximo. Porém, a língua do justo é remédio que cura, é bálsamo que consola, é veículo que leva o conhecimento.

Quando o justo fala, de seus lábios jorra o conhecimento que conduz à vida e à libertação. O justo conhece a Deus, a fonte de todo conhecimento verdadeiro. Conhece não apenas de ouvir falar; mas na intimidade. Esse conhecimento é fruto de comunhão e de deleite. Tape seus ouvidos à voz daqueles que desandam a boca para blasfemar contra Deus e falar impropérios contra o próximo. Aproxime-se daqueles que vivem a verdade e são embaixadores dela.

Oremos
Senhor, Santo És. Por isso, rogo o Teu auxílio a fim de que meus lábios sejam usados exclusivamente para abençoar. Limpa meu coração para que minha boca refleta a Tua pureza. Em nome de Jesus.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT