ANGÚSTIA, A PAGA DO PERVERSO

“O justo é libertado da angústia, e o perverso a recebe em seu lugar.” Provérbios 11:8.

Angústia é um sentimento que se conhece muito bem. É impossível passar pela vida sem experimentá-la. Todos nós, num dado momento da vida, sentimos um nó na garganta, um aperto do coração e uma dor na alma. É a angústia que nos esmaga. A boa notícia que a Palavra de Deus nos dá é que o justo é libertado da angústia. Deus nunca nos permite passar por uma prova maior do que nossas forças. Com a angústia vem o livramento (1 Co 10:13). A noite pode ser tenebrosa, mas o sol sempre vai despontar ao amanhecer (Sl 30:5). As lágrimas grossas podem rolar pela nossa face, mas o consolo divino sempre nos alcançará.

O orvalho que asperge nossa cabeça, também como óleo, cura as nossas feridas. O perverso que se esquece de Deus e se insurge contra Sua graça torna-se o destino final das angústias removidas do justo. O fardo pesado que é retirado das costas do justo é lançado sobre o perverso. A angústia torna-se a sua paga. Há bem-aventurança para o justo, mas tormento para o perverso. Há recompensa para o justo, mas nenhuma promessa para o perverso.

Oremos
Deus, a Tua Palavra ensina que o salário do pecado é a morte, a 
desordem e a angústia. O gosto da iniquidade que, a princípio é bom, torna-se depois amargo como o fel. Por isso eu Te suplico: mantenha-me sempre perto de ti. Em Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL