O DUPLO PODER DA LÍNGUA

“A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.” Provérbios 18:21.

Em tempos em que se discute a posse e o porte de armas de fogo, a Bíblia nos ensina que possuímos uma arma muito mais letal em nós mesmos. Atribui-se a Benjamim Franklin a frase de que “o animal mais terrível do mundo, tem a sua toca atrás dos dentes”. Nas Escrituras, há lições parecidas. A Bíblia diz que a língua é pior do que animais peçonhentos. Dependendo da cobra ou escorpião, há cura. O veneno da língua, também possui veneno mortal (Tg 3:6,8). As palavras possuem o poder de destruir de maneira irreparável. É por esta razão que há tanta gente ferida no coração. Pessoas estão emocionalmente adoecidas por uma palavra de desprezo proferida pelo cônjuge, de ódio vinda do pais, do filho ou até de críticas ditas pelo chefe no trabalho.

Mas, felizmente, ela também tem o poder de dar vida, de ser instrumento para revigorar a saúde da alma. Quando utilizamos nossa língua de maneira abençoada e sábia ela pode diferentemente e paradoxalmente gerar vida. “Há alguns cujas palavras são como pontas de espada, mas a língua dos sábios é medicina” (Pv 12:18). Seus lábios são instrumentos de edificação ou máquina de destruição?

Oremos
Pai, Jesus ensinou que a boca fala daquilo que está cheio o coração. Por isso eu peço, limpa o meu coração de todo ódio e amargura. Que a minha boca destile bênção. Em Cristo. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT