AVALIE SEU CAMINHO

“Há caminho que parece direito ao homem, mas afinal são caminhos de morte.” Provérbios 16:25.

No livro de Gênesis há uma história que ilustra bem a instrução dada em Provérbios. Abraão e Ló, seu sobrinho, companheiros de peregrinação, chegaram num estágio em que a presença dos dois lado a lado com ao crescimento de suas famílias, rebanhos e bens, estava causando várias contendas. Diante disso, Abraão pediu que Ló se separasse dele (Gn 13:9), e deu ao seu sobrinho o poder de escolher qualquer lugar para morar, o qual escolheu as campinas do Jordão, uma região tão linda como o Jardim do Éden (Gn 13:10). Conclusão, Ló acabou fixando residência em Sodoma, uma cidade cujos moradores eram maus e grandes pecadores contra o Senhor (Gn 13:13).

Diz o ditado popular: “Nem tudo o que reluz é ouro”. Em outras palavras, nem sempre aquilo que achamos bom e correto o é de fato. As análises que fazemos podem estar equivocadas. O sábio nos ensina que, a princípio, alguns caminhos parecem direitos, porém podem nos conduzir ao erro. Às vezes, a decisão foi tomada tendo em conta o melhor, mas mesmo assim pode nos levar à morte. É necessário discernir se isso está ocorrendo, e se assim for, mudar de atitude antes que seja tarde.

Oremos
“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno”. Em nome de Jesus. Amém.

Obs.: Sl 139:23-24.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL