QUANTO VALEM AS SUAS PALAVRAS?

“Prata escolhida é a língua do justo, mas o coração dos perversos vale muito pouco.” Provérbios 10:20.

As palavras de um justo são mais preciosas do que os metais mais nobres. A língua do justo é prata escolhida: tem beleza e valor. Quando o justo fala, as pessoas são edificadas, consoladas e encorajadas. Quando abre a boca, sabedoria jorra de seus lábios. Suas palavras são medicina para o corpo e bálsamo para a alma. A língua do justo é como o sal que dá sabor. Quem ouve o justo não anda em trevas, mas na luz; não caminha por trilhas incertas, mas por caminho seguro.

Quem acolhe as palavras do justo segue o caminho de Deus, é sustentado pelo braço onipotente de Deus, até chegar à cidade de Deus, para reinar com o Filho de Deus. Se a língua do justo tem palavras tão preciosas, o coração do perverso vale muito pouco, pois seu coração é poço de perdição, um território onde domina a maldade. É tempo de avaliarmos o valor das palavras: são prata ou escória? Têm valor como a prata escolhida ou valem muito pouco como o coração do perverso?

Oremos
Deus, usa-me como um vaso precioso em Tuas mãos. Limpa meus lábios, purifica meu coração. Que tudo o que eu falar seja utilizado como remédio para os enfermos de alma, e glorifique a Ti. Por Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL