NOTÍCIAS GOSPEL - DITADOR NORTE-COREANO SERVE DE INSPIRAÇÃO PARA NOVA ESTRATÉGIA DE PLANTAÇÃO DE IGREJAS

COLORADO SPRINGS (Estados Unidos) - "A Igreja é para amadores". Esse é o título da lição que o Rev. Eric Foley tirou do regime comunista da Coréia do Norte, comandada pelo implacável ditador Kim Jong Il (foto), conhecido por combater e perseguir os cristãos. Mas de acordo com Foley, pastor da Igreja Evangélica de Colorado Springs e de Seul, na Coréia do Sul e autor do livro "A Igreja é Para Amadores", a perseguição implacável o ajudou a desenvolver uma nova estratégia de plantação de Igrejas de que ele está levando para o resto do mundo.

"Quando você está discipulando norte-coreanos, rapidamente percebe que as ferramentas disponíveis no Ocidente e que são fundamentais não estão à disposição lá", diz Foley. "Igreja são ilegais na Coréia do Norte, onde pastores são presos imediatamente e levados a campos de concentração. Se dois ou três estiverem reunidos numa casa, ainda que no meio da noite, se a polícia aparecer vai confiscar as Bíblias e prender as pessoas que podem, inclusive, acabar mortas".

Os mais de dez anos de trabalho de Foley na igreja subterrânea da Coréia do Norte o levaram a uma conclusão que espanta aqueles que têm liberdade de falar sobre sua fé e de professá-la.

"Acontece que a nossa maneira ocidental moderna de fazer discípulos e a Igreja é estranha para eles", diz Foley. "A situação norte-coreana é apresentar-se de mãos vazias e falar da salvação oferecida por Jesus Cristo, pois na Coréia do Norte, a perseguição é uma norma".

Essa experiência foi fundamental para que Foley criasse o que chamou de "Princípios para perseguir a Igreja no mundo livre".

“Após consultas frequentes dos espectadores intrigados, eu compilei as lições que tinha aprendido e as transformei em  uma estratégia de doze pontos onde oriento como é possível  para os cristãos leigos comprometidos com o Reino de Deus plantar uma Igreja próspera, mesmo uma sem prédio, pastor, ofertas semanais e instrumentos musicais, memorizar as Escrituras em vez de depender da literatura impressa. Além de "A Igreja é Para Amadores", ele também é autor de um extenso trabalho sobre o discipulado.

Fonte: Luz Para o Caminho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL