NÃO ODEIE, AME

“O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões.” Provérbios 10:12.

Tanto o ódio como o amor são sentimentos que brotam do coração. São opostos e produzem resultados diferentes. Se o ódio excita contendas, o amor cobre as transgressões. Se o ódio afasta as pessoas, o amor as aproxima. O ódio é irracional e avassalador. Antes de destruir os outros, arruína quem o nutre. O ódio é uma espécie de autofagia. É como beber um copo de veneno pensando que o outro é quem vai morrer. 


O amor, porém, tem origem diferente e produz frutos diferentes. O amor procede de Deus e seu resultado não é maldizer o próximo nem jogar uma pessoa contra a outra, mas abençoá-las, protegê-las e reconciliá-las. O amor é paciente com os erros dos outros e benigno com as pessoas, mesmo em suas fraquezas. Quem ama protege a pessoa amada. Quem ama cobre as transgressões do outro e proclama suas virtudes. Quem ama tira os holofotes de si para enaltecer o próximo. O ódio traz o DNA da morte, mas o amor é fonte da vida. Não odeie, ame. Não seja um instrumento de contendas, mas um agente da reconciliação.

Oremos

Deus de infinita misericórdia, arranca do meu coração toda raiz de amargura que contamina minha vida com ódio. Sei que devo amar até os meus inimigos. Ajuda-me, Senhor! Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT