FONTE DE VIDA OU ARMADILHA

“A boca do justo é manancial de vida, mas na boca dos perversos mora a violência.” Provérbios 10:11.

Jesus disse que a boca fala aquilo de que o coração está cheio. A língua reflete o coração, externa o que é interno. Põe para fora o que está dentro. A língua nos coloca pelo avesso, mostra nossas entranhas e escancara os segredos do nosso coração. A língua pode ser remédio ou veneno; pode dar vida ou matar; pode construir pontes ou cavar abismos; pode ser fonte de vida ou armadilha de morte. Salomão diz que a boca do justo é manancial de vida.

O justo fala a verdade em amor. Sua palavra é boa e traz edificação. É oportuna e transmite graça aos que ouvem. Da boca do justo jorram louvores a Deus e encorajamento ao próximo. Sua boca é como uma árvore frutífera que alimenta. Porém, na boca dos perversos mora a violência, há blasfêmias contra Deus e insultos contra o próximo. A língua dos perversos instiga inimizades e produz morte; é um poço de impureza e um campo minado de violência. Devemos pedir a Deus um novo coração para que nossos lábios sejam mananciais de vida e não armadilhas de morte.

Oremos
Deus, usar a língua para o mal é incompatível com a Fé Cristã. Rogo, pois, por perdão. A partir de hoje vou mudar meu linguajar e usar minha boca como fonte de vida. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT