O PRIVILÉGIO DE SERVIR

3ª IPB de Barretos / SP
Pastoral boletim 24.07.11

"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor." Gálatas 5:13.

Este é um privilégio que envolve duplo benefício, ou pelo menos deve ser assim, tanto para os que servem, como para os que são servidos. Fora do meio cristão, o ato de servir é tido como algo reservado para os “inferiores”, e os “superiores” são aqueles que são servidos. Nos dias de Jesus, já era esse o pensamento geral. Tanto era assim, que Ele mesmo precisou explicar para os discípulos, que embora Ele fosse Senhor “não veio para ser servido, mas para servir” (Mt 20:28). Pedro resistiu a esta idéia, e, precisou ser convencido por Jesus para permitir que o Ele lhe lavasse os pés (Jo 13:8-9).

Jesus ensinou com palavras e atitudes, que no ambiente cristão servir é um dos privilégios mais elevados. Servir a Deus, à Igreja e às pessoas, é um dever e privilégio conferido a todos os crentes. Entretanto, este privilégio é dado de um modo particular aos Diáconos. “Diácono” no grego (língua original do NT) significa “servir”. Portanto, ao dizer que “veio para servir”, Jesus se apresentou como um genuíno Diácono. A Sua postura dignifica o Oficialato Diaconal.

A nossa Igreja glorifica a Deus pela vida daqueles que Ele mesmo chamou para exercer o diaconato: Marcio, José Chagas, João Saloio, Claudinei, Vanderlei e João Soares. São homens que têm servido ao Senhor, e pelo seu serviço temos sido abençoados. O nosso desejo para eles é que:

A. Tenham consciência de que é ao Senhor que estão servindo;
B. Que exerçam o seu Ministério com alegria;
C. Gozem do respeito e honra de toda Igreja;
D. Seu Ministério sirva de modelo para os que virão depois deles;
E. Tenham o seu Ministério aprovado pelo Senhor.

Autor: Rev. Nelson França. Extraído e adaptado do boletim semanal da IPB de Praia Grande / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL