ESPÍRITO SANTO, O CONSOLADOR

“Quando, porém, vier o Consolador, que Eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade...” João 15:26.

Jesus estava caminhando para Cruz e confortava os discípulos falando-lhes sobre a vinda do Espírito Santo. Jesus chama o Espírito Santo de "Consolador". A palavra grega traduzida por Consolador ou Auxiliador era usada para o advogado de defesa. O sentido ganha amplitude, pois o Espírito Santo, assim como Jesus, não apenas é um Advogado, mas uma Pessoa que provê encorajamento. É comparável ao apoio e ao carinho de um pai. Por isso Jesus diz: "Não vos deixareis órfãos (...)" João 14:18.

O Espírito é o Consolador, Alguém que está conosco e ao nosso lado para nos ajudar. Lucas registra que a Igreja caminhava no conforto do Espírito Santo (At 9:31). No ministério de confortar e encorajar o cristão, o Espírito derrama amor divino no coração (Rm 5:5), testemunha que são filhos de Deus (Rm 8:16), unge com alegria e discernimento (2 Co 1:21), derrama paz e esperança na mente e no coração (Rm 15:13), concede alegria na luta (Rm 14:17), assiste na fraqueza (Rm 8:26), produz a frutificação espiritual (Gl 5:22) e capacita para o serviço (1 Co 12:11).

Oremos
Senhor, renova-me e enche-me com o Teu Santo Espírito. Quero viver e agir sob a orientação dEle, não de minhas próprias capacidades. A minha força vem de Ti. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT