EM QUE O TEMOS DESPREZADO?

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
3ª IPB de Barretos / SP
Pastoral 10.07.11


"O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou Pai, onde está a minha honra? E, se eu sou Senhor, onde está o respeito para comigo? - diz o SENHOR dos Exércitos (...)" Malaquias 1:6a.

O livro do Profeta Malaquias é sempre lembrado por causa da exortação contida no cap. 3 acerca dos dízimos e ofertas, onde Deus nos revela que sonegar os dízimos e ofertas é pecado, é roubar ao próprio Deus. Naquele contexto o povo de Deus estava vivendo uma fase de esfriamento espiritual, estavam cometendo este pecado e outros mais. Porém, já aqui no capítulo 1º temos os indícios do que de fato estava acontecendo: eles estavam desprezando ao Senhor em seus corações. Eles não O serviam com alegria.

Apesar do tempo que nos separa daquele contexto (433 a.C.) a mensagem de Malaquias é tremendamente atual. Existe sem dúvida alguma um esfriamento espiritual da verdadeira fé que nos une a Deus, e este esfriamento traz os mesmos indícios que notamos no texto lido: o desprezo ao Senhor Deus. No vs. 6 fica claro que os sacerdotes não estavam honrando a Deus como Pai e Senhor. Será que estamos caídos neste terrível pecado? Lembremos que em nosso contexto somos um reino de sacerdotes (Ap 1:6). Avaliemos nossa situação diante da incontestável Palavra de Deus, que mostra como aquele povo estava desprezando a Deus. Em que nós O temos desprezado?

Eles ofereciam a Deus pão imundo (vs. 7; Ex 12:15,20; Mt 16:6); e animais cegos, coxos, roubados e enfermos (vs. 8,13; Ex 12:5; Jr 48:10; Lc 14:16-24). Desprezavam o alimento do Senhor (vs.12; Jo 6:33-58); e murmuravam na hora de servir a Deus, demonstrando falta de vontade (vs.13; 1 Sm 2:30).

O alerta de Deus é que pairava sobre esses tais uma terrível maldição (vs.14). Não vamos correr esse risco! Precisamos nos despertar, Não podemos mais desprezar ao Senhor. Clamemos de todo o nosso coração: “Desperta-nos Senhor, tira-nos das masmorras da alma, liberta-nos dessas correntes para que Te sirvamos com inteireza de coração! Em Jesus, amém!”

Deus te abençoe! Seu servo em Cristo, Rev. Paulo Sergio.

Comentários