O ARREPENDIMENTO E SEUS FRUTOS

“Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos?” Romanos 6:2.

Jesus perdoa a mulher apanhada em adultério e a despede em paz. Mas com uma condição: “Vai e não peques mais” (João 8:11). Não é arrependimento e novamente arrependimento, mas arrependimento e frutos de arrependimento. Cristo nos perdoa, mas temos de trilhar o caminho estreito da nova vida e abandonar a estrada larga do pecado. Não se iluda: o pecado parece doce, mas é amargo; parece atraente, mas seu fim é a escravidão. O pecado é uma fraude e o diabo um estelionatário. Ele doura a isca e mostra o pecado como algo apetitoso, mas por trás dessa isca esconde-se o anzol da morte.

O pecado promete prazer e paga com tormento; promete vida e mata. Seu prazer é momentâneo, mas seu tormento não tem pausa. O pecado é o maior de todos os males. É pior do que a solidão, a dor, a pobreza e a morte. Todos esses males, embora cruéis, não podem afastar você de Deus, mas o pecado afasta você de Deus. Não fuja de Deus por causa do pecado; fuja do pecado para Deus. Nele há perdão, salvação e paz!

Oremos
Deus Santo, a Tua Palavra diz que o pecado me afasta de Ti. Meu desejo é ter um relacionamento pessoal conTigo. Abrirei mão do que Te desagrada para ter comunhão com o Senhor. Por favor, capacita-me Senhor! Em Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT