A MAIOR TRAGÉDIA DA HISTÓRIA

“Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.” 
Salmos 14:3.

Qual é o tribunal mais austero: o de Deus ou o dos homens? O tribunal dos homens é mais difícil de ser enfrentado. Foi por isso que, quando Davi precisou escolher entre o juízo de Deus e o dos homens, escolheu cair nas mãos de Deus (1 Sm 24.14).

No tribunal dos homens, João Batista vai parar na prisão e é decapitado, enquanto Herodes, adúltero e assassino, assenta-se no trono.

No tribunal de Deus, um ladrão encontra perdão na hora de sua execução e é salvo. No tribunal dos homens, o próprio Filho de Deus é condenado à morte.

No tribunal dos homens, José do Egito, mesmo inocente, é levado para a prisão e a mulher de Potifar, que tentou seduzi-lo, é considerada inocente. No tribunal dos homens, Jesus vai para a cruz e Barrabás ganha a liberdade.

No tribunal de Deus, a justiça se assenta no trono, mas no tribunal dos homens, muitas vezes, a injustiça desbanca a justiça. No tribunal de Deus até o culpado arrependido encontra perdão; no tribunal dos homens até os inocentes são tidos como culpados.

Oremos
Pai, Tu tens me concedido o privilégio de ouvir a notícia mais importante que uma pessoa poderia receber: a salvação eterna da alma. Inclina meu coração para recebê-la. Em Cristo Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL