A PALAVRA DO MESTRE - VAI PIORAR...

Por: Rev. Nelson França

Gostaria de ser otimista e acreditar que as coisas vão melhorar; que não irão mais ocorrer tsunamis, terremotos, furacões, enchentes, desastres aéreos ou no trânsito, violências, racismo, injustiças, divórcios, pedofilia, consumo de drogas, desmatamento, extinção de animais, fome, doenças incuráveis, desrespeito aos idosos, conflitos familiares, terrorismo, guerras, que toda a nação árabe viverá em paz com os judeus, etc., etc., etc.

Gostaria de acreditar que o nosso povo irá votar melhor; que nas próximas eleições votará nos candidatos mais honestos, idôneos; que os corruptos não seriam reeleitos, porém, envergonhados nas urnas.

Gostaria, sinceramente, de crer que toda a liderança do país, ainda virá a ser composta de pessoas dignas, comprometidas no mínimo com a nossa constituição; com as leis que temos, ainda que imperfeitas, mas, que trazem pelo menos o desejo de ser justa.

Gostaria de crer que tudo pode melhorar; que o nosso governo ainda voltará atrás, quanto às leis absurdamente aprovadas por ele nestes últimos dias, quanto à homofobia, homoafeições e “homo qualquer coisa”.

Sem dúvida alguma, admiro os que lutam para que tudo melhore, e através das oportunidades que Deus mesmo lhes concedeu, têm exposto a verdade em alto e bom som; que têm apontado os erros, que conclamam todos a expressar dignamente o seu desagrado. Sei que devemos orar por eles, aprovar os seus esforços. Certamente o empenho deles faz diferença.

Mas, à luz das Escrituras, não consigo desconsiderar a realidade de que tudo vai piorar. Não digo isto para desanimarmos quanto a pratica do bem ou da justiça. Mas, sim, para não nos assustarmos ao ver que apesar de todo justo e devido esforço, o mal crescerá e iniqüidade se multiplicará.

O que deve nos animar, apesar de tudo, é que mesmo neste mundo mal, individualmente, podemos melhorar; buscar e servir mais a Deus; encher-nos mais do Espírito Santo; consagrar-nos e santificar-nos mais.

Logo, não nos admiremos de tanto mal. Afinal, estamos do lado de cá do Éden, lembram? Este mundo jaz no maligno e nós somos forasteiros.

Senhor! Ajuda-nos viver o fato de que a nossa Pátria está nos Céus.

O Rev. Nelson é Pastor Efetivo da IPB de Praia Grande / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT