NÃO FAREIS SEGUNDO AS SUAS OBRAS

"Não fareis segundo as obras da terra do Egito, em que habitastes, nem fareis segundo as obras da terra de Canaã, para a qual Eu vos levo, nem andareis nos seus estatutos." Levítico 18:3.

Meditando sobre este texto percebi a associação dele com o livro dos Juízes. Se você já leu o livro dos Juízes perceberá que ele apresenta um padrão: o povo vive bem e decide passar a viver conforme o seu próprio pensamento. Deus então permite que os inimigos oprimam o povo de Israel e depois de algum tempo este se arrepende e se volta para o Senhor, que então os livra.

Cada vez que o povo voltava a viver de acordo com os costumes dos egípcios ou dos povos cananitas iniciava-se o período de decadência e opressão. Quando o povo voltava a viver de acordo com a instrução de Deus recebia a libertação e passava a viver em segurança e experimentar a bênção.

Fico imaginando quantas vezes nós temos perdido da bênção e proteção de Deus por tentarmos fazer as coisas “à moda do Egito” ou da maneira “cananéia”. Jesus nos ensina uma forma revolucionária de viver, que vai decididamente contra a forma mundana de se fazer as coisas, e nós muitas vezes decidimos resolvê-las da mesma forma que o mundo.

Será que nós confiamos que o dinheiro nos dará a segurança, que o emprego será eterno, que a força física nos garantirá, que o plano de saúde evitará a morte, que o jeitinho resolverá o problema, que o suborno abrirá as portas, que a política nos fará prosperar, que se conseguirmos um pouco mais de poder seremos, conforme ouvi de um pastor envolvido em escândalo político, “capazes de fazer ainda mais pelo Reino de Deus do que fizemos até aqui”?

Tudo isso é seguir os estatutos do Egito e de Canaã.

Precisamos reconhecer que a maneira de Deus é melhor mesmo que não entendamos. Precisamos crer que os Seus resultados serão melhores mesmo que pareçam mais demorados. Precisamos permecer firmes até o fim para vermos os resultados completos e não desistir no meio do caminho e nos voltarmos para os métodos mundanos, achando que do modo de Deus as coisas estão indo lentas demais.

Quebrantemos o nosso coração e arrependamo-nos da nossa falta de confiança em Deus, e na Sua proposta para a nossa vida.

“Senhor, perdoe-me a falta de confiança, quero render-Me à Tua direção e ser fiel em cumprir o Teu propósito.” 

Extraído e adaptado de Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT