MEL NA CAVEIRA DE UM LEÃO MORTO

“Há caminho que parece direito ao homem, 
mas afinal são caminhos de morte.” Provérbios 16:25.

Sansão foi levantado por Deus num tempo de opressão. Seu nascimento foi um milagre. Foi consagrado a Deus como nazireu desde o ventre. Sua força era colossal. Era imbatível. Seu único problema é que não conseguia dominar seus impulsos. Um dia viu uma jovem filistéia e disse para seu pai: “Vi uma mulher em Timna, das filhas dos filisteus; tomai-ma, pois por esposa (...) porque só desta me agrado” (Jz 14:2). Seu pai tentou demovê-lo, mas Sansão não lhe ouviu. 


Certa feita, um leão saiu ao seu encontro, mas Sansão matou o leão com muita facilidade. Depois de alguns dias passou pelo mesmo local e foi ver o corpo do leão morto. Estava ali, na caveira do leão, um enxame de abelhas. Sansão pegou um favo nas mãos e comeu (Jz 14:8-9). Sansão era nazireu e não podia tocar em cadáver. Ele quebrou ali o primeiro voto de sua consagração a Deus. Ele procurou doçura na podridão. Muitos ainda hoje buscam prazer no pecado e procuram doçura naquilo que é impuro. Por isso, perdem a unção, a paz e a intimidade com Deus.

Oremos
Pai, Tu És o meu bom Pastor. Guia-me por caminhos de vida e não me deixes iludir por demônios disfarçados de anjos. Não vou trocar minha intimidade conTigo por nada. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT