LAR, DOCE LAR

“Deus faz que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril.” Salmos 68:6.

O lar foi planejado por Deus para ser nosso abrigo, pomar para saciar nossa fome de afeto. O lar é onde encontramos intimidade, onde somos amados não por causa de nossas virtudes, mas apesar de nossos defeitos. O lar é onde nos despimos de vaidades e apesar das cicatrizes emocionais somos aceitos e perdoados. É no território da família que travamos as maiores batalhas e é também nessa arena que somos carregados nos braços quando tombamos por um golpe da vida.

O lar é a nossa cidade-refúgio para onde corremos quando somos acossados. É no lar que encontramos mesa posta, cama quentinha, abraço carinhoso e sorriso acolhedor. É no lar que refazemos as forças para a caminhada da vida e é também no lar que levantamos a voz para chorar. No lar celebramos a alegria do nascimento e choramos de saudade na hora da morte. No lar nascemos, crescemos e morremos. O lar é nossa casa, nosso chão, nossa herança. O lar pode ser rico ou pobre, mas é o melhor lugar do mundo para se viver, quando nele sentimos o perfume do amor.

Oremos
Deus maravilhoso, Teus planos são preciosos. Tu me presenteaste com uma família para o meu bem. Vou lutar para tornar o meu lar um local aprazível, de gente feliz e curada. Por Cristo, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL