CUIDADO COM A MÁGOA!

“Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira...” Efésios 4:26.

A mágoa é a ira congelada. Há pessoas que não explodem diante das tensões da vida e dos conflitos de relacionamentos, mas armazenam os ressentimentos no porão da memória. Não jogam estilhaços nos outros, mas acomodam essas farpas no coração. Com o tempo vai nascendo dentro do coração uma raiz de amargura e esses sentimentos azedam a alma, perturbando quem nutre a mágoa, e acaba contaminando quem está à volta. A mágoa é ausência de perdão. A mágoa adoece física, emocional e espiritualmente, pois quem não perdoa não tem paz.

A mágoa escraviza. Quem guarda mágoa torna-se escravo do desafeto. Quem não perdoa vive no cárcere do ressentimento. É como beber um copo de veneno, pensando que o outro é quem vai morrer. Ferimo-nos quando nutrimos mágoa no coração. A única porta de escape é liberar o perdão. É espremer todo o pus da ferida. É arrancar essas farpas envenenadas do coração. O perdão cura, liberta e restaura. O perdão é maior do que a mágoa. O perdão é a assepsia da alma, a faxina da mente.

Oremos
Deus de infinita bondade, vê se há sentimentos dentro de mim que estão aos poucos matando minhas emoções e roubando minha alegria. Ajude-me Senhor, a liberar o perdão
urgentemente. Em nome de Jesus, amém. 

Extraído e adaptado de Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT