FILHO, VOLTA PARA O PAI

“Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou, e, compadecido dele, correndo, o abraçou, e beijou.” Lucas 15:20.

Há muitos filhos pródigos que partiram para curtir as aventuras da vida. Mesmo tendo amor e segurança, começaram a sentir profundo vazio e imensa insatisfação na alma, pensando que a felicidade estava do lado de fora dos portões. Muitos pródigos partiram levando a herança antecipada, com a ilusão de que encontrariam experiências arrebatadoras. Mas, as iguarias do banquete do mundo não satisfazem a alma nem preenchem o vazio do coração. As amizades das boates se evaporam como uma nuvem passageira.

O filho pródigo gastou tudo o que tinha e, ao fim, ficou só e faminto. Quando começou a passar necessidades, lembrou-se da casa do pai e voltou. Antes de ver o pai, o pai o viu. Antes de correr para o pai, o pai correu para ele. Antes de completar seu pedido de perdão, o pai lhe anunciou a restauração à dignidade de filho. Talvez você esteja longe de Deus, da Igreja e da família. Talvez seus amigos o tenham abandonado e você esteja só. Volta, filho, volta. O Pai Celeste, ainda o espera de braços abertos!

Oremos
Pai amoroso, não quero passar nem mais um dia longe de Tua presença! Desejo estar sempre em Teus braços. Abraça-me, pois, e estarei seguro, sereno e tranquilo. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT