A ESTABILIDADE NA FAMÍLIA

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
Terceira IPB de Barretos / SP
Pastoral 15.05.11

"Esposas, sede submissas ao próprio marido, como convém no Senhor. Maridos, amai vossa esposa e não a trateis com amargura. Filhos, em tudo obedecei a vossos pais; pois fazê-lo é grato diante do Senhor. Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados." Colossenses 3:18-21

Os termos “estável” e “instável” são constantemente usados nas previsões meteorológicas. Quando a previsão do tempo é anunciada na TV ou no rádio, é dito, por exemplo: “tempo instável, sujeito a chuvas e trovoadas”, avisando a todos para levarem seus guarda-chuvas ao sair de casa. Vamos usar essa figura de linguagem para falar da família do seguinte modo: seu lar é estável ou instável? Sólido e firme ou parece areia movediça? O tempo por lá é calmo, estável, ou tem tido muitas tempestades? A Bíblia nos dá instruções para que as famílias sejam firmes e seguras, estáveis e sólidas, lugares de refrigério, paz e prazer, onde maridos e esposas, pais e filhos vivenciem os melhores momentos de suas vidas. O nosso objetivo em comum, portanto, deve ser o de termos famílias estáveis, desenvolvendo relações estáveis, através dos ensinos da Palavra de Deus.

No texto citado, temos instruções claras e objetivas para esposas, maridos, pais e filhos. Você tem vivido (ou pelo menos procurado viver) dentro desse padrão marcado pelo amor e obediência a Deus? Ele é o Criador e mantenedor da vida e da família (Gn 2:24). Algumas características das famílias estáveis: as esposas são submissas aos seus maridos (não escravizadas ou maltratadas), amorosas, confiáveis, companheiras, colunas dos lares. Os maridos são amorosos, carinhosos, companheiros, confiáveis e responsáveis. Os filhos são amorosos e obedientes aos pais, e os têm como seus melhores amigos, e nessa convivência superam crises, medos e dificuldades. Os pais são exemplos (modelo, padrão) de conduta moral, ética e espiritual, líderes que amam, ensinam, instruem e corrigem com austeridade, humildade e amor.

Para construirmos nossas famílias dentro desse princípio de estabilidade e segurança, devemos buscar sabedoria e forças naquEle que mais entende do assunto, o Senhor nosso Deus. Não desista do seu sonho de ter um lar edificado sobre a Rocha que é Jesus Cristo (Mt 7:24). Somente Ele é a base segura para que a sua família seja abençoada.

Uma ótima semana, e que Deus te abençoe!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT