DEUS, NOSSO CONSOLO!

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o
 Pai de misericórdias e Deus de toda consolação!” 2 Coríntios 1:3.

Impressiona-me como o Apóstolo Paulo conseguia enxergar a vida na perspectiva da graça de Deus e experimentar a graça do Senhor, em meio às lutas da vida e do ministério apostólico. Quando o apóstolo escreve a Segunda Carta aos Coríntios, descobrimos que a palavra chave é consolo. Ele engrandece a Deus porque experimenta o Deus de toda consolação em sua vida. 

Em algum momento pode parecer a você que a vida assemelha-se a um beco sem saída ou a uma corrida sem sinal de chegada... Saiba que o consolo de Deus acalma o coração, tranquiliza a alma e refaz as forças para o enfrentamento do dia a dia. Nós, que vivemos tempos de grande angústia e sofrimentos causados por questões internas e externas, podemos, numa atitude de fé, declarar que o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo nos anima, conforta, nos eleva, pelas Suas poderosas mãos, e também enxuga toda lágrima dos nossos olhos. NEle a gente pode confiar. A Ele seja a glória, eternamente amém.

Ore
Deus, quero engrandecer-Te pelo alívio de alma que sempre encontro em Ti. A Tua Palavra não promete vida sem dificuldade, mas consolo na angústia. Restaura-me, pois, ó Pai. Por Jesus eu oro, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL