DEUS, CURA NOSSAS AMARGURAS!

“(...) nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados.” Hebreus 12:15.

Quais são as recordações do seu passado que lhe colocam medo do presente e insegurança em relação ao futuro? Quais são as situações de pecado, através das quais o diabo lhe acusa até hoje, jogando este pecado em sua face e lhe humilhando constantemente? Quais são as situações que lhe fazem assistir novamente ao velho filme da sua vida e achar que as coisas sempre serão do mesmo jeito? Quais as situações que tiram sua capacidade de sonhar?

Como sabemos, a vida acontece em meio a uma tensão de emoções. Há dias em que estamos efervescendo de alegria; há outros em que nos desfazemos de tristeza. Há dias em que somos cidadãos da esperança; há outros em que já estamos derrotados antes mesmo da batalha começar; há dias em que amanhecemos com um canto de louvor nos lábios; há outros em que amanhecemos com a boca cheia de lamúria e de murmuração. Então, é preciso pedir ajuda a Deus para poder continuar, curar as amarguras da vida. Não desista. Ele pode!

Oremos
Deus, tenho algumas feridas na alma que custam a cicatrizar. Sinto meu coração infeccionado por farpas que lançaram contra mim. Arranca de mim o que tem matado minhas emoções. Por Cristo Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT