SEMPRE LIGADO

“Respondeu Jesus: Se Eu Me glorifico a Mim mesmo, a minha glória nada é; quem Me glorifica é Meu Pai, o qual vós dizeis que é vosso Deus.” João 8:54.

Eu quero ter esta atitude como o Mestre teve. Ao ser reconhecido como alguém importante, Ele apontou a glória para o Pai. Nosso coração se inclina a ficar alegre com qualquer elogio ou palavra mais motivadora. Devemos tomar cuidado.


A verdade é que todos nós gostamos de ser reconhecidos, o que não é necessariamente mau, desde que não seja doentio. Ouvi um pregador dizendo certa vez: “Uau! Eu sou o cara”. Sem comentários... Jesus de Nazaré foi humilhado diante do povo e dos principais da época, fossem grandes ou pequenos, ricos ou pobres, só foi exaltado mais tarde, após Sua morte. Foi somente com a ressurreição que Jesus foi exaltado diante daquele mesmo povo, daqueles mesmos poderosos, anjos e querubins, principados e potestades. Meu Deus, a maioria de nós quer ser exaltado agora mesmo…

O segredo? Este texto me ajudou a ver que Jesus estava sempre tão ligado ao Pai, literalmente dependente dEle até para ser exaltado, que funcionava. E nós? Dizemos que a Bíblia é nossa fonte de fé e prática, mas nos escusamos de levar alguns textos à cabo. Assim como agradecemos sem lembrar do Senhor quando somos elogiados ou exaltados. Não recusamos os manjares deste mundo. Muitos de nós vivem assim suas vidas e não compreendem por que outros tão mais “simples” são mais íntimos de Deus, e o Senhor opera maravilhas em suas vidas.

Nem me parece que seja questão apenas de humildade, mas sim de real dependência. Se disserem que tem talento, diga “para glória de Deus”. Se te elogiarem, diga “graças a Deus”. Se encherem muito sua bola diga “aleluia” e sussurre “misericórdia”. Pergunte ao Senhor até onde almoçar quando tem opções. Estar ligado ao Pai é questão de decisão, mais do que qualquer outra coisa.

Se nem Jesus disse que estava ali para se glorificar, quem somos nós para querermos alguma coisa? Nossa ligação com Ele deve nos levar para mais perto dEle, e não do nosso ego.

“Pai, quero realmente entender e viver o que seja uma vida de dependência total e completa de Ti. Por favor, juda-me e fortalece-me. Em Jesus, amém!”


Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL