FELICIDADE PELO QUE EVITAMOS

“Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.”  
Salmos 1:1.

A felicidade é resultado daquilo que evitamos e não apenas daquilo que fazemos. O Salmo 1 inicia dizendo que "muito feliz" é o homem que: (a) não anda no conselho dos ímpios, (b) não se detém no caminho dos pecadores, (c) nem se assenta na roda dos escarnecedores. Há três progressões neste versículo. A primeira delas é: andar, deter e assentar-se. A segunda é: conselho, caminho e roda. A terceira é: ímpios, pecadores e escarnecedores. Somos felizes na medida em que fugimos de determinados lugares, recusamos determinadas propostas e nos afastamos de determinadas pessoas. Frequentar lugares errados, viver de acordo com padrões errados, e andar na companhia de pessoas erradas, são decisões que levam ao caminho mais rápido para a infelicidade.

A felicidade consiste na coragem de rompermos com determinadas amizades, dizermos um sonoro não a determinadas propostas e fugirmos de determinados lugares. Quando agimos assim, então, somos felizes, muito felizes!

Ore
Santo Deus, livra-me de buscar a felicidade onde está apenas como uma miragem. Não quero perder tempo me envolvendo com aquilo que não Te agrada. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários