FELICIDADE PELO QUE EVITAMOS

“Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.”  
Salmos 1:1.

A felicidade é resultado daquilo que evitamos e não apenas daquilo que fazemos. O Salmo 1 inicia dizendo que "muito feliz" é o homem que: (a) não anda no conselho dos ímpios, (b) não se detém no caminho dos pecadores, (c) nem se assenta na roda dos escarnecedores. Há três progressões neste versículo. A primeira delas é: andar, deter e assentar-se. A segunda é: conselho, caminho e roda. A terceira é: ímpios, pecadores e escarnecedores. Somos felizes na medida em que fugimos de determinados lugares, recusamos determinadas propostas e nos afastamos de determinadas pessoas. Frequentar lugares errados, viver de acordo com padrões errados, e andar na companhia de pessoas erradas, são decisões que levam ao caminho mais rápido para a infelicidade.

A felicidade consiste na coragem de rompermos com determinadas amizades, dizermos um sonoro não a determinadas propostas e fugirmos de determinados lugares. Quando agimos assim, então, somos felizes, muito felizes!

Ore
Santo Deus, livra-me de buscar a felicidade onde está apenas como uma miragem. Não quero perder tempo me envolvendo com aquilo que não Te agrada. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT