FELICIDADE É ORDEM DE DEUS

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” Filipenses 4:4.

Fomos criados para a felicidade. Fomos salvos para a maior de todas as felicidades. A felicidade não é uma opção. É uma ordem de Deus. O apóstolo Paulo, mesmo numa prisão, escreveu aos filipenses: "Alegrai-vos sempre no Senhor, outra vez digo, alegrai-vos". A alegria nesse contexto não é uma emoção superficial e passageira, mas a mais profunda felicidade que coexiste com a dor. Paulo diz que devemos nos alegrar sempre. É claro que a vida não é um parque de diversões. Enfrentamos lutas e cruzamos vales escuros. Porém, a nossa felicidade não é um bem estar epidérmico e fugaz, mas uma experiência profunda e duradoura. Nossa alegria além de imperativa deve estar além das circunstâncias da vida. Nossa alegria não depende das situações pelas quais estamos passando. Mas, qual é o núcleo dessa felicidade? Dinheiro? Prazer? Sucesso? Não. Paulo diz: "alegrai-vos sempre NO SENHOR". Jesus é o cerne dessa alegria. Ele é o conteúdo da nossa felicidade. Nossa felicidade não é apenas ausência de coisas ruins nem apenas presença de coisas boas. Nossa felicidade é uma pessoa; nossa felicidade é Jesus!

Ore
Pai do Céu, minhas alegrias ainda estão atreladas às circunstâncias da vida. Ajuda-me a vivenciar sempre dessa alegria imperativa na pessoa de Jesus. Por intermédio dEle eu Te peço, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL