FELICIDADE, APRENDIZADO CONTÍNUO

“(...) porque aprendi a viver contente 
em toda e qualquer situação.” Filipenses 4:11.

O apóstolo Paulo estava preso em Roma, estava no corredor da morte, na antessala do martírio, com os pés na sepultura e com a cabeça na guilhotina de Roma. Estava velho e trazia no corpo as marcas de Cristo (Gl 6:17). Passava por provações e privações. Mas, longe de viver amargurado com a vida, disse: "Eu aprendi a viver contente em toda e qualquer situação". A felicidade não é uma realidade que está fora de nós, mas uma atitude que está dentro de nós.

Há pessoas que têm tudo, mas não possuem nada. Há ricos pobres e pobres ricos. Há indivíduos que estão presos em cadeias, mas seus corações vivem no paraíso. Há outros que pisam tapetes aveludados, mas sua alma vive no tormento do inferno. A felicidade não é automática. É um aprendizado. Somos felizes quando nossa fonte de prazer está em Deus e não nas coisas materiais. Quando nossa alma encontra deleite no provedor e não na provisão. Deus, e não coisas, é o manancial da nossa felicidade!

Ore
Grandioso Deus, fonte de todo bem, quando a satisfação da alma está em Ti, em meio à riqueza ou pobreza, é possível sorrir. Que o Senhor seja minha alegria. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL